GCM de Itaquá retoma programa de prevenção às drogas

Neste semestre, as aulas estão sendo ministradas nas Emebs Vereador Antônio Rodrigues Gallego, no Jardim Anita, e Ítalo Adami, no Morro Branco

Da Redação / Foto: Divulgação

A GCM (Guarda Civil Municipal) de Itaquaquecetuba retomou o Projeto Guard (Grupo Unido na Ação de Resistência às Drogas e a Violência), que visa preservar a vida e o futuro de crianças e adolescentes das escolas municipais. Neste semestre, as aulas estão sendo ministradas nas Emebs Vereador Antônio Rodrigues Gallego, no Jardim Anita, e Ítalo Adami, no Morro Branco, para alunos do 5º ano, com idades entre 9 e 12 anos.

De acordo com o secretário de Segurança Urbana, Anderson Caldeira, a parceria com a Secretaria de Educação, Ciência, Tecnologia e Inovação faz com que o projeto atenda o currículo educacional. “O projeto é estruturado em lições apresentadas em módulos, sendo disponibilizado material didático como cartilhas, videoaulas, interações musicais e teatrais com temáticas diferentes a cada edição.”

O projeto conta com três níveis de formação: programa Sementinha, para os alunos do 5º ano, Trocando Ideias, para jovens e adolescentes, e Agentes Multiplicadores, voltado para jovens e adultos voluntários. O curso dura um semestre e no final é realizada uma cerimônia de formatura em cada escola. As crianças recebem uma camiseta, o certificado de conclusão e realizam um juramento em público, comprometendo-se a resistir à oferta do uso de drogas e à prática da violência.

O prefeito Eduardo Boigues (PP) conta que os agentes de segurança possuem formação acadêmica em licenciatura e atuam em sala de aula como educadores.

“Nossos policiais municipais interagem com as crianças, professores e familiares no desenvolvimento de ações de prevenção e conscientização sobre o uso indevido de drogas e combate à violência, proporcionando um forte elo entre a comunidade, a escola e a Guarda Civil Municipal.”

Gazeta Regional

Fundada por Laerton Santos no início dos anos 2000, a GAZETA tem como principal missão integrar as dez cidades que compõem a região do Alto Tietê, tendo como diferencial o olhar crítico que define a linha editorial do veículo. Em busca de contato cada vez mais próximo com seu público, o jornal tem investido na cobertura diária, utilizando as mídias digitais para esse fim.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*