Gil Filho presta esclarecimento sobre ‘fake news contra Larini’

Empresário arujaense diz que não foi notificado pela Justiça quanto a supostos processos movidos contra ele

Por Lailson Nascimento / Foto: Divulgação

O empresário Gilberto Daniel Júnior, o Gil Filho, procurou a GAZETA para fazer seus esclarecimentos após o jornal publicar, na edição 295, que o arujaense ‘é ‘investigado por criar fake news contra Abel Larini’.

Ao contestar o título da matéria por nunca ter sido notificado pela Justiça quanto ao caso, ele também explicou os motivos que o levaram a republicar em sua página no Facebook, intitulada ‘Arujá News’, uma reportagem publicada pelo jornal na edição 271.

Confira as alegações de Gil Filho relacionadas às matérias já publicadas pela GAZETA.

“Segundo consta em matéria veiculada na edição de número 295 de 31 de agosto á [sic] 06 de setembro de 2019 do periódico intitulado “Gazeta Regional” [sic] onde a reportagem menciona que Gilberto Daniel Junior [sic] o “Gil Filho” teria praticado fakenews publicando no facebook informações sobe [sic] supostas fraudes em licitações no governo do então prefeito de Arujá Abel Larini.

Gostaria de esclarecer que, [sic] desconheço qualquer página do facebook com o nome “Arujá Notícias”; na matéria veiculada na última edição do Gazeta Regional consta a informação de que as supostas irregularidades teria [sic] acontecido na cidade de Arujá [a GAZETA jamais tratou de processos relacionados a Arujá], segundo o jornal o senhor Flavio de Senço só teria processos quando atuava na cidade de Campinas [o jornal jamais publicou que Flávio de Senço só teria processos em Campinas], mas segundo o site do Tribunal de Justiça de São Paulo, [sic] ele tem sim, [sic] respondido a atos administrativos na época [sic] que atuou no governo do senhor ex-prefeito Abel Larini de Arujá por improbidade administrativa com o valor da ação em R$ 2 milhões na cidade [sic] Arujá.

Esclareço também que se alguém comentou [sic] fakenews foi a redação do Gazeta Regional por mencionar que estou respondendo processo por um suposto crime que não cometi e muito menos fui notificado pela justiça sobre qualquer processo que o jornal ou o senhor Abel Larini tenha tido [sic] aberto em meu nome.”

Gazeta Regional

Fundada por Laerton Santos no início dos anos 2000, a GAZETA tem como principal missão integrar as dez cidades que compõem a região do Alto Tietê, tendo como diferencial o olhar crítico que define a linha editorial do veículo. Em busca de contato cada vez mais próximo com seu público, o jornal tem investido na cobertura diária, utilizando as mídias digitais para esse fim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*