Hospital Guido Guida é criticado

Usuários reprovam atendimento, principalmente devido à demora e falta de equipamentos no local

Por Gabriel Dias / Foto: Bruno Arib

À espera por um atendimento médico de qualidade, o paciente que procurar o Hospital Municipal Doutor Guido Guida, “referência” em Poá, pode levar horas até receber um laudo médico. Na opinião de quem precisa dos serviços de saúde na cidade, o atendimento “é péssimo e demora muito.”

Henrique Azevedo, 23 anos, trabalha com construção civil e estava sentado do lado de fora do hospital com a mão machucada. Questionado sobre qual avaliação tem sobre os atendimentos, ele criticou: “Onde já se viu um hospital deste tamanho que nem máquina de Raio-X tem.” “Agora estou aqui, esperando o táxi que eu chamei para ir a outro hospital na região para conseguir tirar um Raio-X da minha mão e saber o que devo fazer, por que nem isso me orientaram.”

Idson Silva, 30, aguardava um amigo ser medicado para voltar para casa na data dessa reportagem, no entanto, a espera de Idson já ultrapassava uma hora e nenhuma notícia do paciente (seu amigo) era divulgada.

Dayane Maria, 26, também estava do lado de fora à espera do namorado. O jovem, que chegou com dores na barriga, aguardava o laudo médico para saber o que poderia ser, mas depois de horas de espera, nada havia sido dito. “Já precisei ser atendida neste hospital, e teve vezes de eu vir e ao chegar encontrei a fila começando lá de dentro e parando aqui do lado de fora”, explica.

SILÊNCIO DA PREFEITURA – A Prefeitura de Poá foi questionada, no entanto, mais uma vez, o governo de Gian Lopes (PL) não se manifestou.

Gazeta Regional

Fundada por Laerton Santos no início dos anos 2000, a GAZETA tem como principal missão integrar as dez cidades que compõem a região do Alto Tietê, tendo como diferencial o olhar crítico que define a linha editorial do veículo. Em busca de contato cada vez mais próximo com seu público, o jornal tem investido na cobertura diária, utilizando as mídias digitais para esse fim.