Hospital Santa Maria de Suzano reforça protocolos de humanização na UTI Neonatal

Ação visa melhorar a situação enfrentada pelas mães que estão com seus recém-nascidos internados no setor e contribuir para a recuperação mais rápida deles

Da Redação / Foto: Divulgação

O Hospital Santa Maria de Suzano reforçou os protocolos de humanização na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) Neonatal visando atenuar a situação enfrentada pelas mães que estão com seus recém-nascidos internados no setor e contribuir para a recuperação mais rápida deles.

As ações são supervisionadas por equipes multidisciplinares e ocorrem mediante prescrição técnica de especialistas, seguindo critérios atualizados, com treinamento constante dos profissionais, a partir de diretrizes estabelecidas pela diretoria da instituição de saúde.

O acesso das mães aos bebês é permitido 24 horas por dia, sendo dada atenção personalizada de acordo com o estado de saúde – há um recém-nascido pesando 775 gramas. O “Momento Canguru” é considerado um dos mais emocionantes por quem acompanha a rotina da UTI Neonatal, que possui 10 leitos.

Os bebês ficam em contato direto com a pele das mães, debaixo da roupa delas apropriada para a situação, estreitando laços muitas vezes interrompidos instantes após o nascimento devido a intercorrências.

O gesto, acompanhado de mensagens otimistas e amorosas, ajuda o pequeno paciente em vários aspectos, inclusive no ganho de peso, acalentando sentimentos positivos e de esperança nas progenitoras.

A comunicação também ganha destaque nessas ações. As informações são transmitidas com clareza e eficiência pelos profissionais, sendo disponibilizado atendimento psicológico em alguns casos, mantendo-se ambiente positivo e motivador a cada dia.

Na “Hora do Soninho”, as luzes são desligadas estrategicamente, evitando-se ao extremo os ruídos, garantindo acolhimento e tranquilidade indispensáveis no processo de fortalecimento físico rumo à esperada alta médica.

Diante da relevância indiscutível da amamentação, que fica impossibilitada em alguns períodos, é feita a coleta de leite para o instante de ingestão recomendado pelos médicos. A UTI Neonatal dá total suporte à estrutura da Maternidade, com capacidade para aproximadamente 180 partos mensais.

Gazeta Regional

Fundada por Laerton Santos no início dos anos 2000, a GAZETA tem como principal missão integrar as dez cidades que compõem a região do Alto Tietê, tendo como diferencial o olhar crítico que define a linha editorial do veículo. Em busca de contato cada vez mais próximo com seu público, o jornal tem investido na cobertura diária, utilizando as mídias digitais para esse fim.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*