Inscrições para oficinas de Hip Hop, em Mogi, seguem até o dia 17

As atividades acontecerão às terças, quintas e sábados

Da Redação / Foto: Divulgação

A Secretaria de Cultura de Mogi das Cruzes está com inscrições abertas para as oficinas da Casa do Hip Hop. As atividades acontecerão às terças, quintas e sábados. Ao todo, 140 vagas serão disponibilizadas para os interessados, sendo 10 alunos por turma, que seguirão todos os protocolos de segurança, como uso obrigatório de máscara, distanciamento social e higienização.

Clique aqui para acessar o link de inscrição

As inscrições podem ser feitas até o dia 17 de junho e as listas de convocação serão divulgadas no dia 21, no site da Secretaria Municipal de Cultura (clique aqui). A seleção dos alunos será por ordem de inscrição – com isso, quem se inscrever antes tem mais chances de participar.

A Casa do Hip Hop fica na rua Coronel Cardoso de Siqueira, 48, no Centro. O local também está aberto para grupos que queiram ensaiar e utilizar o espaço. Para agendar, basta entrar em contato pelo (11) 4798-6900.

Confira as oficinas, idades, dias e horários:

  • Danças Urbanas – Juvenil (10 a 15 Anos) Terça, das 16h às 17h
  • Danças Urbanas – Juvenil (10 a 15 Anos) Terça, das 17h às 18h
  • Danças Urbanas – Adulto (A partir de 16 Anos) Terça, das 19h às 20h
  • Danças Urbanas – Adulto (A partir de 16 Anos) Terça, das 20h às 21h
  • Graffiti (A partir de 12 Anos) Quinta, das 16h às 17h
  • Graffiti (A partir de 12 Anos) Quinta, das 17h às 18h
  • DJ (A partir de 16 Anos) Quinta, das 20h às 21h
  • DJ (A partir de 16 Anos) Quinta, das 21h às 22h
  • Breaking (10 a 15 anos) Sábado, das 9h às 10h
  • Breaking (10 a 15 anos) Sábado, das 10h às 11h
  • Danças Urbanas – Infantil (5 a 10 Anos) Sábado, das 11h às 12h
  • Danças Urbanas – Infantil (05 a 10 Anos) Sábado, das 12 às 13h
  • MC/Rapper (A partir de 14 Anos) Sábado, das 13h às 14h
  • MC/Rapper (A partir de 14 Anos) Sábado, das 14h às 15h

Gazeta Regional

Fundada por Laerton Santos no início dos anos 2000, a GAZETA tem como principal missão integrar as dez cidades que compõem a região do Alto Tietê, tendo como diferencial o olhar crítico que define a linha editorial do veículo. Em busca de contato cada vez mais próximo com seu público, o jornal tem investido na cobertura diária, utilizando as mídias digitais para esse fim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*