Itaquá conta com maior parque industrial do Alto Tietê

Segundo dados do Ciesp, a indústria é responsável por 37% do PIB da cidade; infraestrutura voltada para o setor é desafio no município. Fotos: Divulgação

 

Da Redação

 

Atualmente, existem na cidade de Itaquaquecetuba cerca de 610 empresas, as quais empregam aproximadamente 16 mil pessoas, o que corresponde a 38% da mão de obra empregada na cidade. Dados do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp) aponta que a indústria é responsável por 37% do Produto Interno Bruto (PIB) de Itaquaquecetuba e paga os melhores salários.

ABRE_Especial Itaquá_Ciesp - foto 2 @divulgaçãoSegundo o diretor do Ciesp Alto Tietê, José Francisco Caseiro, a cidade possui o maior parque industrial da região e registrou avanços, mas precisa de investimentos para colocar em prática projetos que a tornem atrativa para os investidores. “A cidade tem uma localização privilegiada, porém sua infraestrutura ainda é muito deficiente. Faltam redes de esgotos, há buracos para todos os lados nas ruas e avenidas e uma série de outras dificuldades. Enquanto não conseguir avançar nesses itens, vai ser difícil um desenvolvimento promissor que atraia mais empresas e, assim, gere mais emprego e renda”, afirmou.

De acordo com Caseiro, há toda a problemática de contexto nacional, que tem tornado o momento atual como o mais difícil para as indústrias. Paralelo a isso, o empresariado de Itaquaquecetuba enfrenta dificuldades em razão da infraestrutura deficiente e a mobilidade tem sido também um grande empecilho para o desenvolvimento empresarial.

“A cidade possui uma localização excelente, mas a sua logística se torna difícil porque são poucos acessos e com problemas. Os investimentos no sistema viário são urgentes para que mais empresas tenham condições de vir para Itaquaquecetuba e possam ser uma importante fonte de arrecadação para a prefeitura”, disse.

 

Senai

A qualificação da mão de obra também é uma situação problemática na cidade, embora o Ciesp não entenda dessa maneira. Caseiro disse que não há projetos no momento para uma nova escola Senai em Itaquá, mas toda a demanda da cidade é atendida pelas unidades de Mogi das Cruzes e, principalmente, de Suzano, que fica ao lado. “Essas escolas oferecem diversos cursos, inclusive alguns personalizados, conforme a necessidade apresentada pelas empresas, de forma que a qualificação da mão de obra não é um problema. Pelo contrário, ela é um atrativo no Alto Tietê”.

 

Futuro

A expectativa do diretor da Ciesp é de que o futuro prefeito e os vereadores se empenhem em trabalhar unidos para promover o desenvolvimento de Itaquaquecetuba. “O município se encontra numa situação melhor do que antes, no entanto, apresenta desafios imensos, que precisam ser trabalhados. Esperamos investimentos na solução das questões estruturais e uma política de atração de novos empreendimentos”, finalizou.

 

Gazeta Regional

Fundada por Laerton Santos no início dos anos 2000, a GAZETA tem como principal missão integrar as dez cidades que compõem a região do Alto Tietê, tendo como diferencial o olhar crítico que define a linha editorial do veículo. Em busca de contato cada vez mais próximo com seu público, o jornal tem investido na cobertura diária, utilizando as mídias digitais para esse fim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*