Itaquá Garden Shopping e ‘Batalha da Avenida’ são opções culturais

Há cerca de 1 ano a batalha vem reunindo jovens; estabelecimento comercial também faz sua parte

Por Giovanna Figueiredo / Foto: Divulgação

Todas as quintas-feiras, a partir das 19h, o rap toma conta da Praça do Gonçalves, próximo à estação. A Batalha da Avenida, como é conhecida, já tem quase um ano de história e surge como uma opção de lazer para os jovens da cidade.

Segundo um dos organizadores, Leonardo Letrista, a batalha surgiu do desejo de inserir Itaquaquecetuba no mapa de batalhas da Zona Leste. “A escolha do local foi estratégica, a grande dúvida era: Qual o lugar ideal para conquistar o apoio do público, que geralmente são residentes dos bairros mais próximos e para os visitantes? Por isso optamos pela Praça do Gonçalves.”

Atualmente participam da edição da batalha 16 MCs, que já chegou até um público de 120 pessoas.

Quando questionado sobre a importância do movimento para a cidade, que comemora neste domingo (8) 459 anos, Letrista diz que a batalha é quase um projeto social.

“A Batalha da Avenida hoje traz pessoas de diversos locais para a nossa cidade. Tem servido como um projeto social para tirar as crianças em situação de pobreza do perigo da rua, levando cultura a elas. O MC precisa estudar muito e ler muito, para ter as melhores referências e respostas na hora da batalha. Isso desperta a curiosidade de quem acompanha de saber o fato narrado na rima, e essa curiosidade é o primeiro passo para descobrir e aprender coisas novas”, concluiu Letrista.

OUTRAS OPÇÕES – Apesar de a cidade ainda ter poucas opções no quesito Cultura, o seguimento tem crescido. O Itaquá Garden Shopping, por exemplo, tem desenvolvido diversas atividades no setor, além das salas de cinema do Cinépolis, que traz as novidades da sétima arte.

Feira de artesanato, circo, teatro e dança também fazem parte da programação do shopping.

O próximo evento será uma Mostra de Dança, em parceria com a prefeitura, com apresentações nas escolas municipais.

Essas e outras iniciativas podem fazer muita diferença na disseminação da arte e da cultura do País.

Gazeta Regional

Fundada por Laerton Santos no início dos anos 2000, a GAZETA tem como principal missão integrar as dez cidades que compõem a região do Alto Tietê, tendo como diferencial o olhar crítico que define a linha editorial do veículo. Em busca de contato cada vez mais próximo com seu público, o jornal tem investido na cobertura diária, utilizando as mídias digitais para esse fim.