Luta continua: Caio Cunha afirma que ‘não vai ter pedágio em Mogi’

Artesp quer implantar pedágios nas rodovias Mogi-Dutra e Mogi-Bertioga

Por Giovanna Figueiredo / Foto: Divulgação

A luta contra a instalação de praças de pedágios em Mogi das Cruzes continua. A Artesp (Agência de Transporte do Estado de São Paulo) publicou nesta sexta-feira (14), no Diário Oficial do Estado, a concorrência internacional da concessão de rodovias do Lote Litoral Paulista, que contempla a Mogi-Dutra e Mogi-Bertioga. E o edital prevê não um, mas dois postos de cobrança na cidade.

Na manhã de sexta, uma coletiva de imprensa foi convocada pela Artesp para falar sobre o tema. Durante a explanação do diretor-geral Milton Persoli, ele falou apenas dos postos que seriam implantados na Mogi-Bertioga (SP-98), e quando questionado por jornalistas sobre a Mogi-Dutra (SP-88), não soube responder e acabou por interromper a coletiva.

No início da tarde, o edital completo foi disponibilizado no site oficial da agência. Os documentos comprovaram um dos temores da população mogiana: o estado deseja implantar praças de pedágios nas duas rodovias da cidade.

Sobre o assunto o prefeito de Mogi das Cruzes, Caio Cunha (PODE), divulgou uma nota à imprensa. “A Artesp mostra seu despreparo em relação ao projeto, pois convoca uma entrevista coletiva sem a informação do local de instalação de uma praça de pedágio. É um desrespeito não só com os jornalistas participantes, mas com nossa cidade, com nossa população”, destacou.

Caio reforçou que já estuda medidas cabíveis. “A licitação prevê que seja firmado um convênio para autorizar a Artesp a fazer alterações em vias municipais. Este convênio não será firmado em hipótese alguma pelo município. E qualquer acordo neste sentido que, porventura tenha sido feito em gestões anteriores, será revogado. Inclusive, estamos estudando a possibilidade de judicializar este edital, justamente porque ele inclui alterações em elementos municipais em uma concorrência estadual.”

A queda de braço entre município, população e o Estado continua. “Vou continuar lutando visceralmente contra este retrocesso para nossa cidade e repito: não vai ter pedágio em Mogi!”, reitera o prefeito.

Manifestação

Membros do ‘Movimento Pedágio Não’ organizam uma manifestação contra a Artesp e a instalação das praças de pedágio, para este domingo (16), às 10 horas. O protesto deve ter início no KM 45 da Rodovia Mogi-Dutra, na altura da Casa do Pão de Queijo. Mais informações com o Movimento.

LEIA MAIS

Gazeta Regional

Fundada por Laerton Santos no início dos anos 2000, a GAZETA tem como principal missão integrar as dez cidades que compõem a região do Alto Tietê, tendo como diferencial o olhar crítico que define a linha editorial do veículo. Em busca de contato cada vez mais próximo com seu público, o jornal tem investido na cobertura diária, utilizando as mídias digitais para esse fim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*