Mesmo sem mandato, Edson Moura leva melhorias para o bairro Parque Piratininga

Apesar de ter deixado a Câmara Municipal em 2016, político conquistou quase R$ 1 milhão em emendas parlamentares

Por Lailson Nascimento / Foto: Laerton Santos

O ex-vereador de Itaquaquecetuba Edson Moura divulgou, recentemente, a liberação de emenda parlamentar no valor de R$ 300 mil para a cidade. Solicitado por ele ao deputado federal Arlindo Chinaglia (PT), o recurso será utilizado para a aquisição de câmeras de segurança que serão implantadas no bairro Parque Piratininga, área de atuação política de Edson Moura.

De acordo com o que foi adiantado, a Prefeitura de Itaquaquecetuba já trabalha na cotação de preços de câmeras de segurança. Os equipamentos vão passar a integrar o sistema de monitoramento que já existe no Piratininga e serão operados por GCMs (guardas civis municipais) que atuam na Base Comunitária da região.

“Nós já tínhamos oito câmeras prontas para serem ligadas, mas quando deixei o mandato, no final de 2016, elas não foram ligadas. Foi uma questão política, da chamada ‘nova política’ implantada na cidade. Agora, mesmo sem mandato, consegui essa verba de R$ 300 mil, que vai vir do governo federal, através do Ministério da Justiça, para ligar as que já estavam implantadas no bairro e as outras que vão vir”, cutucou Edson Moura.

À GAZETA, o ex-parlamentar fez questão de frisar que o seu trabalho em busca de melhorias para o Parque Piratininga não se encerrou a partir de 2017. Naquele ano ele terminou as eleições municipais como quinto candidato a vereador mais votado na cidade, mas não foi reeleito devido ao coeficiente eleitoral do PT, que foi insuficiente.

“Nesse período eu trouxe, através de deputados parceiros da cidade, uma emenda de R$ 250 mil para o recapeamento da Rua Fialho de Almeida e uma parte da Rua Fernanda Namora, e outra verba de R$ 300 mil para recapeamento da Rua Rubens Braga, no Parque Piratininga II. São obras cujos processos licitatórios já estão em andamento ou em vias de serem iniciados pela prefeitura”, destacou Edson Moura.

O político aproveitou para acrescentar que caminha com deputados estaduais e federais que têm condições de buscar recursos para Itaquá nas esferas estadual e federal.

“Quando você apoia um candidato para um projeto nacional, esse candidato precisa devolver serviços para o município, e um dos meios é enviar recursos. Muitos candidatos a deputado apoiados por políticos da nossa cidade não dão retorno algum, não fazem nada por Itaquá. No meu caso, todos que apoiei deram retorno. A Janete Pietá (ex-deputada estadual e federal), por exemplo, mandou quase R$ 9 milhões no tempo em que ela estava lá, no Congresso Nacional. Isso é política”, concluiu.

Gazeta Regional

Fundada por Laerton Santos no início dos anos 2000, a GAZETA tem como principal missão integrar as dez cidades que compõem a região do Alto Tietê, tendo como diferencial o olhar crítico que define a linha editorial do veículo. Em busca de contato cada vez mais próximo com seu público, o jornal tem investido na cobertura diária, utilizando as mídias digitais para esse fim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*