‘Milagre da Vida’ acontece em uma ambulância a caminho do hospital

Um casal de Biritiba Mirim teve seu primeiro filho no caminho para a maternidade, em Mogi das Cruzes

Por Giovanna Figueiredo / Foto: Bruno Arib

Na terça-feira (6), uma jovem de 20 anos foi ao PA (Pronto Atendimento) de Biritiba Mirim, grávida de seis meses, com fortes dores e perda de líquido. Pai e mãe de primeira viagem, Emerson David e Joselaine de Jesus ficaram assustados com a situação, mas a história teve um final feliz.

O casal foi atendido pela equipe de plantão do PA. Logo a médica Kim Mariá percebeu que a mãe estava em trabalho de parto, e prontamente a equipe se mobilizou para levar a paciente para a maternidade da Santa Casa de Mogi das Cruzes, mas no caminho o inesperado aconteceu: a criança começou a sair e o parto foi feito dentro da ambulância, no trajeto entre Biritiba e Mogi.

“Foi muito emocionante, eu nunca tinha participado de um parto. A palavra é emoção mesmo”, explicou a técnica de enfermagem Vivian José de Barros. Além dela, fizeram parte da equipe que atendeu Josilaine a médica Kim Mariá, a enfermeira Liana e o motorista Otacílio. Quando chegaram ao hospital, mãe e bebê receberam atendimento. Ambos passam bem.

FUTURO – O que no início parecia um pesadelo se tornou uma história linda para contar a Davi, nome que Emerson e Joselaine escolheram para o filho. “Eu só tenho a agradecer a toda equipe pelo atendimento e apoio, deveria existir mais pessoas assim no mundo”, destacou o pai.

Ricardo Moreira, diretor do PA, conta que o caso foi tratado com muito cuidado, carinho e a unidade deu todo suporte para o casal. “Nós viemos na Santa Casa logo em seguida, prestamos todo suporte e vamos continuar prestando. O caso foi muito emocionante para todos nós.”

Kim, médica responsável pelo parto, agradeceu o empenho da equipe e compromisso em cuidar de vidas.

Essa e outras histórias completas você pode conferir em nosso canal no Youtube: Gazeta Regional – Alto Tietê ou pelo facebook: facebook.com/gazetaregional.

Gazeta Regional

Fundada por Laerton Santos no início dos anos 2000, a GAZETA tem como principal missão integrar as dez cidades que compõem a região do Alto Tietê, tendo como diferencial o olhar crítico que define a linha editorial do veículo. Em busca de contato cada vez mais próximo com seu público, o jornal tem investido na cobertura diária, utilizando as mídias digitais para esse fim.