Mogi vai formar mais de 2,8 mil alunos no projeto Anjos da Guarda neste sábado

Evento contará com a participação das equipes das escolas e familiares; estudantes receberão o certificado de conclusão do projeto e farão uma apresentação

Da Redação.

O projeto Anjos da Guarda, uma iniciativa da Prefeitura de Mogi das Cruzes por meio da parceria entre as Secretarias Municipais de Educação e de Segurança e a Guarda Municipal terá sua primeira solenidade de formatura neste sábado (23/11), às 9 horas, no Ginásio Municipal de Esportes Prof. Hugo Ramos, no Mogilar. Concluíram o projeto, desde maio deste ano, 2.869 alunos do 4º ano do ensino fundamental da rede municipal de ensino mogiana.

As atividades foram ministradas por guardas municipais, de acordo com uma programação semanal. “O projeto Anjos da Guarda é uma ação preventiva para orientar e preparar as crianças e jovens. Conseguimos em poucos meses atender 27 escolas e cerca de 3 mil crianças, que certamente estão melhor preparadas para enfrentar os riscos a que estão expostos nesta fase da vida e também no futuro”, destacou o prefeito Marcus Melo. Neste período, foram atendidas escolas de Jundiapeba, Braz Cubas, Cezar de Souza e Centro.

No evento, que contará com a participação das equipes das escolas e familiares, os estudantes receberão o certificado de conclusão do projeto e farão uma apresentação. A iniciativa foi desenvolvida por uma equipe multidisciplinar e conta com uma cartilha de orientação para os estudantes. Os alunos tiveram aulas sobre prevenção às drogas, comportamento seguro, direitos e deveres, respeito ao próximo e às diferenças, combate ao bullying, entre outros temas.

Os guardas municipais encarregados do trabalho passaram por treinamento e capacitação junto ao Departamento Pedagógico da Secretaria de Educação para trabalhar os temas com os alunos. O projeto tem como lema “Abraçar, Proteger, Unir e Defender”. A integração entre as unidades de ensino e Guarda Municipal já acontece com a Ronda Escolar, criada em 2017. O grupamento atende as escolas municipais da cidade, atuando na segurança de estudantes e professores, na mediação de conflitos, apoio a docentes e auxílio nas travessias.

Gazeta Regional

Fundada por Laerton Santos no início dos anos 2000, a GAZETA tem como principal missão integrar as dez cidades que compõem a região do Alto Tietê, tendo como diferencial o olhar crítico que define a linha editorial do veículo. Em busca de contato cada vez mais próximo com seu público, o jornal tem investido na cobertura diária, utilizando as mídias digitais para esse fim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*