Monte Cristo, em Suzano, passa por limpeza de rede de drenagem e desassoreamento do Guaió

Nesta segunda-feira (13/01), as equipes já estavam promovendo trabalhos com escavadeira no rio e com hidrovacol nos bueiros e nas tubulações

Da Redação / Foto: Wanderley Costa-Secop Suzano

A Secretaria Municipal de Manutenção e Serviços Urbanos de Suzano deu início a ações para minimizar os impactos das chuvas no Jardim Monte Cristo. Nesta segunda-feira (1), equipes da pasta realizavam desassoreamento em alguns trechos do rio Guaió, que passa por todo o bairro, e limpeza de bueiros e da rede de drenagem.

A vala da Avenida Paulista recebeu serviços de desobstrução – Foto: Wanderley Costa – Secop Suzano

A expectativa é que os trabalhos se estendam ao longo do mês. Durante o fim de semana também foram realizadas a desobstrução da vala da Avenida Paulista e a formação de uma barreira com a terra retirada para impedir que, em caso de excesso de chuva, a água desça para a via.

No último sábado (11), o prefeito Rodrigo Ashiuchi (PL) foi até o Jardim Monte Cristo verificar os pontos em que são necessários fazer o desassoreamento preventivo e também acompanhar os serviços de desobstrução de vala.

Já na manhã desta segunda-feira (13), as equipes estavam promovendo os trabalhos necessários com escavadeira hidráulica no Guaió e com máquina hidrovacol nos bueiros e nas tubulações da rede de drenagem.

O prefeito destacou que as ações de desassoreamento em pontos determinados foram possíveis por meio de autorização do DAEE (Departamento de Águas e Energia Elétrica) e da Concessionária SPMar, responsável pelo Trecho Leste do Rodoanel Mário Covas (SP-21), que passa pelo bairro margeando o rio.

O prefeito Rodrigo Ashiuchi – Foto: Bruno Arib

“Mas também é importante cobrar apoio do governo do Estado para fazermos o desassoreamento completo não só do Guaió, como também do Tietê, do Taiaçupeba-Mirim e de outros rios e córregos da cidade, principalmente porque há previsão de mais chuvas intensas e devemos estar muito bem preparados para elas”, destacou Ashiuchi.

Mais ações

Mais trabalhos também ocorreram no fim de semana para combater alagamentos em pontos da cidade. Um deles foi a finalização da melhoria do vertedouro da Lagoa Azul, que libera o excesso de água para o canal de drenagem da rua José de Almeida, no Jardim Márcia.

Outro serviço foi referente à manutenção do talude da Avenida Governador Mário Covas Júnior, a Marginal do Una, na Vila Urupês, com o objetivo de evitar que a água da chuva leve terra e outros sedimentos para dentro do rio e cause transbordamentos. “Essa intensificação complementa as ações preventivas que realizamos ao longo do ano passado para minimizar os impactos das chuvas”, disse o prefeito.

Palmeiras

As equipes da Secretaria de Manutenção e Serviços Urbanos também estão atuando diuturnamente em bairros de Palmeiras. De acordo com a Defesa Civil, o índice de chuva no último sábado (11) no distrito chegou a 68 milímetros em cerca de uma hora.

A forte precipitação elevou o nível de rios e córregos, como o Taiaçupeba-Mirim, e causou prejuízos. A pasta vem prestando auxílio para a população e atuando com limpeza de ruas e casas atingidas e desobstrução de tubulações em bairros como Jardim Amazonas, Recanto Feliz, Parque Palmeiras, Jardim Planalto, entre outros.

Gazeta Regional

Fundada por Laerton Santos no início dos anos 2000, a GAZETA tem como principal missão integrar as dez cidades que compõem a região do Alto Tietê, tendo como diferencial o olhar crítico que define a linha editorial do veículo. Em busca de contato cada vez mais próximo com seu público, o jornal tem investido na cobertura diária, utilizando as mídias digitais para esse fim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*