Moradores do Jardim Joandra, em Itaquá, pedem atenção ao bairro

Passarela que liga bairro à Vila Vermonte está em péssimo estado; prefeitura culpa a CPTM

Por Giovanna Figueiredo / Fotos: Bruno Arib

No Gazeta no Seu Bairro desta edição, a equipe foi até Itaquaquecetuba, em uma passarela de pedestres sobre a linha férrea que fica entre os bairros Jardim Joandra e Vila Vermonte. No local os moradores reclamam da falta de manutenção e segurança.

Ferrugem, sujeira e escuridão fazem parte do cenário da passarela, que foi inaugurada em 2007 e, segundo os moradores, desde então não teve nenhum reparo ou manutenção.

As placas de ferro que fecham a passarela estão enferrujadas e com buracos enormes, podendo causar acidentes graves. Além disso, os moradores relatam que em decorrência da falta iluminação e policiamento na área os assaltos são recorrentes e a sensação de insegurança também.

José Fontes Sobrinho

“A limpeza quem faz é a população. Aqui só foi cuidado no começo, depois abandonaram. Minha bronca é com o prefeito, para que ele olhe para o bairro e faça a manutenção, porque a qualquer momento pode acontecer um acidente aqui. O bairro tem dois vereadores, o Celso Reis (PSDB) e o Luizão (Luiz Otávio, do PTB). Faço um apelo para eles intercederem junto ao prefeito pela situação do bairro. Minha filha, por exemplo, foi assaltada aqui 7h da manhã”, falou o pintor José Fontes Sobrinho, 62 anos.

Além dos problemas apontados pela população, durante a visita da equipe de reportagem ao local, algumas situações inusitadas aconteceram. Na entrada há uma placa que proíbe a passagem de bicicletas, animais e motocicletas, no entanto, não há nenhuma fiscalização e a GAZETA presenciou todas as situações listadas como proibidas.

A insegurança da população também se dá pelo fato de ter moradores de rua abrigados na parte de baixo da passarela, correndo até o risco de cair na linha do trem.

OUTRO LADO – Procurada, a Prefeitura de Itaquaquecetuba alegou que a passarela é da CPTM (Companhia de Trens Metropolitanos). A CPTM não respondeu aos questionamentos da GAZETA.

Gazeta Regional

Fundada por Laerton Santos no início dos anos 2000, a GAZETA tem como principal missão integrar as dez cidades que compõem a região do Alto Tietê, tendo como diferencial o olhar crítico que define a linha editorial do veículo. Em busca de contato cada vez mais próximo com seu público, o jornal tem investido na cobertura diária, utilizando as mídias digitais para esse fim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*