Morre, aos 77 anos, o publicitário e marqueteiro político Duda Mendonça

Ele estava internado no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, tratava de um câncer e havia sido diagnosticado com Covid-19

Da Redação / Foto: Arquivo Agência Brasil

Responsável por comandar campanhas eleitorais vitoriosas, o publicitário Duda Mendonça morreu na manhã desta segunda-feira (16), a informação foi confirmada por familiares e pessoas próximas do marqueteiro.

Ele estava internado no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, tratava de um câncer e testou positivo para Covid-19, a pedido da família o hospital não confirmou as causas e nem a morte de Duda. O publicitário deixa quatro filhos e a esposa.

Duda foi o responsável por repaginar a imagem de Paulo Maluf (PP) que rendeu a vitória nas eleições de 1992 para a prefeitura de São Paulo, essa foi a primeira vez que o nome do publicitário ganhou notoriedade. Posteriormente, ele também foi responsável pelo slogan “Lulinha, Paz e Amor”, que elegeu em 2002 Luiz Inácio Lula da Silva (PT) à Presidência da República. Além dessas, o marqueteiro chefiou diversas campanhas eleitorais de destaque nos últimos anos.

Gazeta Regional

Fundada por Laerton Santos no início dos anos 2000, a GAZETA tem como principal missão integrar as dez cidades que compõem a região do Alto Tietê, tendo como diferencial o olhar crítico que define a linha editorial do veículo. Em busca de contato cada vez mais próximo com seu público, o jornal tem investido na cobertura diária, utilizando as mídias digitais para esse fim.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*