MPE quer impugnar candidatura de Protássio Nogueira a vereador de Mogi

Da Redação / Foto: Divulgação

O MPE (Ministério Público Eleitoral) protocolou uma ação na Justiça Eleitoral para impugnar o registro de candidatura do vereador Protássio Nogueira (PSDB), de Mogi das Cruzes, que tenta se reeleger ao cargo. O MPE entrou com a ação na quarta-feira (30).

Em 2014, quando foi presidente da Câmara Municipal de Mogi das Cruzes, Protássio teve sua prestação de contas rejeitas pelo TCE-SP (Tribunal de Contas do Estado de São Paulo).

“Ele teve a conta rejeitada em 2014, estava escondidinha lá, pensando que a gente é idiota, otário, e nós fomos lá [ao MPE] e entramos com o pedido, porque a conta dele não era válida, estava interditada. Ele não prestou conta das lambanças que ele aprontou na Câmara”, explicou Mário Berti, que também disputa a eleição deste ano para vereador, pelo PSB.

De acordo com o MPE, Protássio Nogueira teve suas contas rejeitadas à época por “irregularidade insanável que configura ato doloso de improbidade administrativa”.

A GAZETA ligou para o gabinete do vereador, porém sua assessoria informou que ele não estava no local.

Gazeta Regional

Fundada por Laerton Santos no início dos anos 2000, a GAZETA tem como principal missão integrar as dez cidades que compõem a região do Alto Tietê, tendo como diferencial o olhar crítico que define a linha editorial do veículo. Em busca de contato cada vez mais próximo com seu público, o jornal tem investido na cobertura diária, utilizando as mídias digitais para esse fim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*