‘Não exploro necessidades sociais e de saúde das pessoas’, diz André Dourado

Político garante que continuará buscando mandato em Suzano

Por Lailson Nascimento / Foto: Divulgação

No aniversário de 72 anos de emancipação político-administrativa de Suzano, a GAZETA traz entrevista com um político promissor. Trata-se de André Dourado, liderança que se destaca principalmente na região do Jardim Monte Cristo, onde mora. Confira:

Gazeta Regional (GR): Em sua primeira eleição como candidato a vereador você recebeu 1218 votos, tendo sido um dos destaques. Você pretende continuar buscando mandato nas próximas eleições?

André Dourado: Sim, realizei um trabalho árduo, que trouxe diversos benefícios para Suzano, e que obteve reconhecimento popular. Sendo assim, me coloco à disposição ao pleito de 2024, já declarando que serei pré-candidato.

GR: Mesmo não tendo sido eleito, você acaba de conquistar uma emenda do novo posto do Monte Cristo. Como está o andamento dessa emenda parlamentar? Você está buscando outras?

André: Na verdade esta emenda foi conseguida no ano de 2014, mas não foi utilizada pelo prefeito da época, Marcelo Cândido, por irresponsabilidade. Assim como também o prefeito sucessor Paulo Tokuzumi não teve interesse de construir a UBS. Após as negativas anteriores, procurei o prefeito atual, explicando a necessidade da construção da nova unidade de saúde, e o mesmo atendeu o meu pedido, dando início nas obras. A nova UBS do Monte Cristo está 99% executada, e acredito que será inaugurada em breve.

GR: Por falar em Monte Cristo, você representa aquela região, incluindo outros bairros adjacentes?

André: Considero-me sim o representante do Monte Cristo e dos bairros adjacentes. Inclusive resido aqui desde meu nascimento, somando 34 anos de convivência neste querido bairro.

GR: Você acaba disputando espaço com outro vereador que também é do bairro. De que forma você poderá ajudar mais essa região em um eventual mandato como vereador?

André: Na verdade, o vereador nunca morou no Monte Cristo. Ele aparece aqui apenas em momentos eleitorais, e de acontecimentos benéficos. Nunca vi o mesmo quando o bairro está alagado por enchente, assim como não o vi aqui quando os moradores estavam sendo desapropriados por conta da obra do Rodoanel, entre outros fatos negativos que acontecem no bairro. Sou totalmente ao contrário do vereador, e talvez seja por esse motivo que aqui obtive o dobro de votos que o mesmo. Sou comunitário, participativo, e busco benefícios coletivos. Não trabalho explorando a necessidade de saúde ou social das pessoas.

GR: Quais as principais necessidades do Monte Cristo e entorno?

André: O bairro precisa de uma limpeza qualifica do Rio Guaió, para acabar com as enchentes. Também necessita de revitalização em baixo do Rodoanel, trazendo área de lazer e esportiva, com iluminação. Além disso, quero questionar publicamente o Comandante da Polícia Militar de Suzano. Não entendo porque um bairro que possui um Batalhão da PM em seu território e acontecem, no dia a dia, diversos assaltos e furtos, inclusive com invasão à luz do dia em residências. Nas condições de mobilidade, necessitamos que as ruas sejam beneficiadas pelo serviço de tapa-buraco, e melhores condições de escoamento de água. Tenho insistido também que a prefeitura faça a pavimentação da calçada do Parque Max Feffer, na Avenida Paulista.

Gazeta Regional

Fundada por Laerton Santos no início dos anos 2000, a GAZETA tem como principal missão integrar as dez cidades que compõem a região do Alto Tietê, tendo como diferencial o olhar crítico que define a linha editorial do veículo. Em busca de contato cada vez mais próximo com seu público, o jornal tem investido na cobertura diária, utilizando as mídias digitais para esse fim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*