Nas eleições, analise propostas, não marketing

Da Redação / Arte: André Jesus

A somatória dos limites de despesas nas campanhas às prefeituras em que o jornal LEIA possui cobertura jornalística indica que o teto de gastos estabelecido pelo TSE cresceu cerca de R$ 500 mil em relação às eleições de 2016.

Segundo o que foi divulgado pelo TSE, Guarujá é a cidade onde os concorrentes estão aptos a gastar mais dinheiro: R$ 1,4 milhão no primeiro turno e, se necessário, R$ 592 mil no segundo turno.

Na sequência vem o município de São Sebastião. Segundo a Lei das Eleições, cada candidato terá direito a usar R$ 1,3 milhão.

Apesar de possuir a terceira menor quantidade de eleitores da região abrangida pelo jornal – 44 mil pessoas -, Bertioga está entre as primeiras com maior limite de gastos para o pleito do Poder Executivo: R$ 764 mil.

Já Caraguatatuba, que possui o segundo maior colégio eleitoral da região abrangida pelo LEIA, tem orçamento menor para os prefeituráveis. O limite para cada concorrente é de R$ 650 mil.

Na sequência vem Ubatuba, com R$ 552 mil; Ilhabela, com R$ 310 mil; e Paraibuna, com R$ 123 mil.

Quem desrespeitar os limites de gastos fixados para cada campanha pagará multa no valor equivalente a 100% da quantia que ultrapassar o teto fixado. O limite de gastos abrange a contratação de pessoal de forma direta ou indireta, além da confecção de material impresso; propaganda e publicidade direta ou indireta por qualquer meio de divulgação; aluguel de locais para a promoção de atos de campanha eleitoral; e despesas com transporte ou deslocamento de candidato e de pessoal a serviço das candidaturas.

Gazeta Regional

Fundada por Laerton Santos no início dos anos 2000, a GAZETA tem como principal missão integrar as dez cidades que compõem a região do Alto Tietê, tendo como diferencial o olhar crítico que define a linha editorial do veículo. Em busca de contato cada vez mais próximo com seu público, o jornal tem investido na cobertura diária, utilizando as mídias digitais para esse fim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*