O PSDB se organiza para avançar em 2020, diz líder do partido em Itaquá

Presidente do Diretório Municipal diz que está com Eduardo Boigues e que Mamoru Nakashima será expulso

Por Lailson Nascimento / Foto: Divulgação

Pouco mais de dois meses à frente do Diretório Municipal do PSDB em Itaquaquecetuba, Maria Dávila diz que está contente com o trabalho no partido. Além de afirmar que está empenhada em “vencer a boataria e as fake news”, ela garante que o PSDB apoia, neste momento, a pré-candidatura do Delegado Eduardo Boigues (PP). Confira os principais trechos da entrevista.

Gazeta Regional (GR): Foi uma surpresa receber a presidência do diretório do PSDB?
Maria Dávila:
Sim. Eu sabia que estaria no projeto do Novo PSDB. Mas não imaginava que nosso presidente estadual do PSDB, Marco Vinholi, poderia confiar essa importante tarefa.

GR: Nesse primeiro mês de trabalho, o que já foi possível perceber em relação aos desafios do partido no município?
Maria:
O primeiro desafio é vencer a boataria e as Fake News. Depois é começar um debate com a cidade sobre o Novo PSDB, assim como Doria realizou no Estado.

GR: Quantos filiados o partido tem? Existe um trabalho de novas filiações?
Maria:
Temos uma média de 2.500 filiados. Novas filiações estão sendo feitas. Mas esse trabalho ainda não está sendo o maior objetivo. Estamos preparando um seminário municipal que em breve divulgaremos mais detalhes.


GR: Qual a expectativa de lançamento de candidaturas a vereador em 2020? Existe um trabalho especial voltado às mulheres?
Maria:
Teremos um olhar especial para mulheres e jovens. Queremos manter ou até ampliar o número de vereadores tucanos em nossa Câmara.


GR: Atualmente, para qual pré-candidato a prefeito o PSDB está mais pretenso ao apoio? É possível uma candidatura própria?
Maria:
Hoje o PSDB possui compromisso com a pré-candidatura a prefeito do Delegado Eduardo Boigues (PP), pois ele representa a candidatura dos partidos que compõem a base aliada do governador João Doria.

GR: O atual prefeito Mamoru Nakashima já foi expulso do partido? Se não, como está o processo?
Maria:
Existe um processo de expulsão no Diretório Estadual do PSDB Paulista. Ele está senso movimentado. É questão de tempo para ele sair. Nossa Comissão Provisória inclusive tem consenso em expulsá-lo.

Gazeta Regional

Fundada por Laerton Santos no início dos anos 2000, a GAZETA tem como principal missão integrar as dez cidades que compõem a região do Alto Tietê, tendo como diferencial o olhar crítico que define a linha editorial do veículo. Em busca de contato cada vez mais próximo com seu público, o jornal tem investido na cobertura diária, utilizando as mídias digitais para esse fim.