Operação Verão registra mais de 33 mil abordagens em Guarujá

Em um verão atípico, além do ordenamento diário das praias, os fiscais também realizam vistorias relativas às normas de combate à Covid-19

Da Redação / Foto: Imprensa Guarujá

As equipes de fiscalização fizeram 33.630 abordagens no período entre o dia 14 de dezembro e o último domingo, dia 17, nas praias de Guarujá, durante a Operação Verão de Fiscalização 2020/2021. No mesmo período do ano passado foram feitos 14.388 atendimentos, um aumento de 57,21%. A operação segue até o Carnaval e conta com efetivo de 166 agentes, entre fiscais municipais, guarda civis municipais, agentes de saúde, policiais militares e outros colaboradores.

Em um verão atípico, além do ordenamento diário das praias, inclusive nos finais de semana e feriados, os fiscais também realizam vistorias relativas às normas de combate à Covid-19, com orientações a respeito do uso de máscaras, distanciamento e uso de álcool em gel.

No período, foram entregues mais de 14 mil panfletos informativos sobre os decretos municipais e realizadas 771 orientações sobre as normas sanitárias para ambulantes, quiosques e carrinhos de praia, além da distribuição gratuita de máscaras de proteção.

“É um trabalho árduo que envolve funcionários de várias secretarias no intuito de deixar a nossa cidade mais ordenada.Temos a missão também de preservar vidas, desde o início da pandemia estamos fiscalizando para evitar a propagação da covid-19”, declarou o diretor de Operações Especiais e Fiscalização de Taxas, Ricardo dos Santos Tobar.

Ordenamento

Entre as ocorrências relacionadas às práticas não regulamentadas no município foram feitas 5.579 abordagens relativas ao som abusivo, seguida por 1.308 orientações e desmontes de tendas, 1.186 retiradas de animais da faixa de areia, 411 paralisações de práticas esportivas, 172 reservas de espaço, entre outras ações. Parte das ocorrências foi acionada por denúncias via Centro de Operações da Polícia Militar (COPOM).

Na mira dos fiscais também estavam os ambulantes irregulares, sendo que 236 foram retirados das praias da Cidade. Os agentes realizaram fiscalização a respeito de alvarás de funcionamento, orientações quanto à padronização dos toldos e vistorias às feiras de artesanato.

Nos feriados do Natal e Ano Novo foram implantadas barreiras sanitárias nas entradas da cidade, com recomendações sanitárias e aferição de temperatura dos ocupantes dos veículos. Passaram pelos locais 9,1 mil veículos.

Gazeta Regional

Fundada por Laerton Santos no início dos anos 2000, a GAZETA tem como principal missão integrar as dez cidades que compõem a região do Alto Tietê, tendo como diferencial o olhar crítico que define a linha editorial do veículo. Em busca de contato cada vez mais próximo com seu público, o jornal tem investido na cobertura diária, utilizando as mídias digitais para esse fim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*