Parabéns Mogi pelos seus 461 anos de história

Conheça alguns capítulos dessa trajetória; Veja a programação de aniversário

Por Giovanna Figueiredo / Foto: Bruno Arib

Mogi das Cruzes completa hoje (1), 461 anos. A cidade mãe do Alto Tietê carrega em seus patrimônios e no seu povo muita história, pensando nisso, a prefeitura adotou “ReDescubra Mogi” como tema para comemoração de aniversário da cidade quatrocentona.

ReDescobrir. Descobrir novamente. O tema não poderia ter mais a ver com o momento em que estamos vivendo, com a pandemia abrandando, sem deixar os cuidados de lado e com a vacina em dia, podemos começar a ReDescobrir não só Mogi, mas como diria Gonzaguinha “redescobrir o gosto e do sabor da festa”.

Uma festa ainda diferente, com programações menores, sem aglomerações, mas, que nos convida a mergulhar novamente na história, a fé e o povo mogiano.

ReDescobrindo a História

Em 1560 Braz Cubas, que dá nome a um dos principais distritos da cidade, foi o primeiro a se embrenhar pelas matas que futuramente viriam a ser Mogi das Cruzes, o bandeirante estava à procura de ouro.

Situada às margens do Rio Anhembi – hoje chamado de Rio Tietê, passou a ser utilizada por outros bandeirantes como ponto de repouso e rapidamente se tornou um povoado.

Em 1601 foi construída a primeira estrada que ligava Mogi a São Paulo, construída pelo bandeirante Gaspar Vaz, o fundador de Mogi. Em 1611 o povoado foi elevado a vila e recebeu o nome de “Villa de Sant’Ana de Mogi Mirim’.

A vila começou a crescer, se desenvolver, transportar riquezas, virou casa dos imigrantes, principalmente da colônia japonesa e em 13 maio de 1865 foi elevada a município. (Saiba mais)

ReDescobrindo o nome

Mogi é uma alteração de Boigy que, por sua vez, vem de M’Boigy, o que significa ‘Rio das Cobras’, denominação que os índios davam a um trecho do Tietê. Quando a Vila foi devido ao costume de adotar o nome do padroeiro, passou a ser denominada ‘Sant’Anna de Mogy Mirim’. E parafraseando a o hino da cidade – “Das Cruzes, o símbolo cristão”.

ReDescobrindo a Fé

Nesta quarta-feira (1), será lançado o primeiro capitulo do documentário “ReDescobrindo Mogi” no youtube da prefeitura e que tem como tema a Fé e a Tradição mogiana. A Fé fica evidente não só no nome da cidade, mas também em suas tradições e no dia a dia.

Uma marca desta fé, é a Festa do Divino Espirito Santo, que acontece há mais 400 anos. No arquivo histórico de Mogi uma ata da reunião da Câmara, datada de 04 de Maio de 1613, na qual em um de seus trechos está escrito que os camaristas tinham o propósito de convocar os moradores da Vila para consertarem a entrada e a saída da mesma, mas que tal providência somente aconteceria depois do Espírito Santo. Essa alusão ao Espírito Santo, permite deduzir que naquele tempo já existia à devoção ao Divino Espírito Santo na cidade. O documento mostra que a devoção ao Divino Espírito Santo na cidade já existe há mais de 400 anos.

ReDescubra mais. Confira e participe da programação de aniversário da cidade:

1º de setembro

  • 19h30: Apresentação on-line do documentário Redescobrindo Mogi;
  • 20h: Concerto da Orquestra Sinfônica de Mogi e artistas locais no Cemforpe (Centro Municipal de Formação Pedagógicas);
  • 20h: Show Pirotécnico com Fogos Silenciosos – Parque Botyra Camorim Gatti.

2 de setembro

  • 19h: Cine Combuca no Centro Cultural de Mogi das Cruzes;
  • 20h: Show do Renato Resende no Theatro Vasques.

3 de setembro

  • 15h: Plantio de árvores no Prédio Sede da Secretaria de Educação;
  • 15h: Reabertura do Museu Virtual da Educação – MUVE, o evento será online;
  • 18h: Exposição Nêspera no Mercado do Produtor;
  • 20h: Canta Mogi: Bandas da Cidade no Theatro Vasques.

4 de setembro

  • 8h: Abertura Feira Agroecológica na Ilha Marabá;
  • 8h: Abertura da Exposição “Retratos que Falam” por Bruno Arib no Terminal Central;
  • 20h: Espetáculo SCinestesia no Youtube (youtube.com/secculturamogi).

5 de setembro

  • 19h: Apresentação de dança e show com Sandra e Alissa Vianna no Theatro Vasques.

A programação seguirá durante todo o mês de setembro, haverá feira do literária, feira vegana, apresentações de artistas da cidade e muito mais. Confira a programação completa clicando aqui!

Gazeta Regional

Fundada por Laerton Santos no início dos anos 2000, a GAZETA tem como principal missão integrar as dez cidades que compõem a região do Alto Tietê, tendo como diferencial o olhar crítico que define a linha editorial do veículo. Em busca de contato cada vez mais próximo com seu público, o jornal tem investido na cobertura diária, utilizando as mídias digitais para esse fim.

Nenhum comentário sobre: “Parabéns Mogi pelos seus 461 anos de história

  1. Parabéns a mogi da cruz pelo seu 461 anos são os votos do lio ferreira ok

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*