Por sonhos, mogianos vão ao Exterior

Conheça a história de três mogianos que vão se aventurar no além-atlântico para aperfeiçoar técnicas e comungar novas culturas. Fotos: Renan Xavier

 

Por Renan Xavier

De Mogi

 

Rap mogiano em Berlim

11221530_746959245425920_3019706421765316035_nKaren Dias, 22 anos, vai a Berlim, na Alemanha. A cantora, que compõe a dupla As Lavadeiras, ao lado de Sarah Key, foi uma das 11 pessoas selecionadas para a edição deste ano do programa Cultura Sem Fronteiras – São Paulo/Berlim, um intercâmbio artístico e educacional promovido pelo governo alemão. Em terras germânicas, a rapper mogiana participará de diversas oficinas, interagindo com outros músicos e linguagens de arte e cultura urbana.

Karen sonha em fazer o caminho de retorno com a bagagem muito maior, carregada com a experiência do convívio com outras culturas para, aqui no Brasil, continuar denunciando as mazelas sociais com versos, ritmo e poesia.

Embora a viagem esteja programada para setembro, a mogiana já deu início à peregrinação artística – com muito ritmo, naturalmente. As Lavadeiras estão realizando uma série de apresentações para arrecadar o valor da passagem aérea de ida e volta, estimado em R$ 3.500,00. A organização responsável pelo evento, a Gangway, disponibilizará hospedagem e alimentação.

“Estou vivendo dias de emoções intensas”, revela a lavadeira. Ela, que vive a expectativa de uma grande experiência fora do país, descobriu, sem sequer sair de Mogi, a amplitude de sua rede de amizades. Após lançar um apelo nas redes sociais, Karen testemunhou uma intensa mobilização pela causa, quando foi convidada para se apresentar em casas de show e associações culturais. Individualmente, muitos amigos e conhecidos somaram à campanha de maneiras diferentes.

“Estou muito comovida com o fato de as pessoas terem adotado para si minha causa e estarem contribuindo com a realização de um sonho. Agora sonhamos juntos”, declara. Os apoiadores deixaram à disposição rifas, quadros, revistas, livros e até sessões de tatuagem para reverter para a compra da passagem.

Para doações em dinheiro

Karen Dias Soares Santana

CPF: 407.351.138-66

Banco do Brasil

Agência: 33235

Conta corrente: 178012

Para doar ou transferir milhas

No site do Smiles (é preciso cadastro para a operação) o número dela é 447635123; há também o programa GIFT SMILES, onde ela está inscrita como “Cultura Sem Fronteiras – São Paulo Berlim 2016”.

www.smiles.com.br

 

Um guerreiro em Bangkok

DSC_0668-2“Estou ansioso. Não falo uma palavra em inglês, nunca estive fora de São Paulo e, de repente, vou para a Tailândia lutar pelo meu sonho”, descreve Kelvyn Murillo Melo, 23 anos. E quando ele diz “lutar”, é literalmente. O atleta está representando Mogi das Cruzes num camping de muay thai, em Bangkok, na Tailândia. Poucas horas antes do embarque, no dia 13, Kelvyn recebeu a reportagem, deu detalhes de sua carreira como lutador de artes marciais mistas (MMA) e falou das expectativas para a temporada de treinamentos e lutas no sudoeste asiático.

“Para mim, essa viagem representa uma grande oportunidade. Estou perseguindo o sonho de me tornar um grande lutador e entrar para a maior competição de MMA do mundo, que é o UFC (Ultimate Fighting Championship)”. Em sua carreira como lutador, Kelvyn Murillo acumula 6 vitórias, 5 derrotas e um “no contest”, uma espécie de luta sem resultado.

Há dois anos, a rotina de Kelvyn é totalmente dedicada à luta: de segunda a sábado, pratica artes marciais como jiu-jitsu, judô, boxe e o próprio muay thai. Além das atividades de luta, o atleta tem um intenso acompanhamento de saúde pessoal, com sessões de ioga, pilates, treinamento funcional físico e quiropraxia.

A ida para a Tailândia, segundo o próprio atleta, é uma forma de aperfeiçoar suas técnicas de combate em pé, aprendendo com os maiores especialistas da prática esportiva que utiliza combinações de golpes de punhos, cotovelos, joelhos, canelas e pés. O muay thai é considerado o esporte oficial da Tailândia.

O atleta mogiano destaca que sua carreira não seria viável sem uma série de apoios que tem recebido. Dentre os patrocinadores do guerreiro, estão a loja WSuplementos, Academia Arena, Centro de Saúde Integrativa, Fred Advogado, Mogi Aço, Dewa, Estúdio Energy Pilates, Agência BK. Na rotina de treinamentos, Kelvyn Murillo conta com a assistência técnica do preparador físico Diogo Nâncio e Jorge Arantes, que aplica a quiropraxia para melhorar as performances do atleta mogiano e cuidando das lesões, há 5 anos.

As pessoas que quiserem contribuir com o atleta mogiano podem entrar em contato pelo celular (11) 95347-9260.

 

Futuro chef na Bélgica

13226807_1204818112861913_5877665804080691201_nA vida tem presenteado o mogiano Laio Ferreira, de 20 anos, com algumas emoções. O jovem, que se formou em gastronomia nesta semana, teve seu trabalho de conclusão de curso aprovado com louvor e já se prepara para a realização de um sonho, em setembro: morar fora do país. Ele recebeu um convite para trabalhar na fábrica de chocolates LCKX, na cidade de Essen, na Bélgica. Lá, o jovem cozinheiro pretende começar a trilhar uma carreira no continente com maior diversidade culinária do mundo.

“Sempre tive o sonho de viajar para fora do país. Com a faculdade, acabei adiando essa realização para me preparar melhor. Agora, veio a recompensa, com essa possibilidade de trabalhar na Europa, praticar meu inglês e conhecer culturas diferentes no continente que reúne os melhores restaurantes do mundo”, comemora Ferreira.

O futuro chef de cozinha reconhece que ainda não sabe em qual área da culinária quer se especializar. A princípio, trabalhará na produção de chocolate. “Estou muito contente com essa oportunidade. O chocolate é uma das quatro maravilhas da Bélgica, ou seja, vou trabalhar num local que é considerado como referência no mundo todo. É indiscutível que o melhor chocolate do mundo é o da Bélgica”, avalia.

Graduado em tecnologia em gastronomia pelo Centro Universitário Senac de Campos do Jordão, Ferreira se orgulha de ter participado do jantar beneficente “Geração de Sabores”, pano de fundo do trabalho de conclusão de curso (TCC) da turma do quarto período. Segundo o futuro chef mogiano, trata-se de uma releitura gastronômica que resgata receitas antigas para uma versão atualizada. “A formação do projeto começou quando olhamos para nós mesmos e identificamos o quanto a escolha profissional da maior parte dos alunos foi baseada nas influências adquiridas dentro de casa, principalmente das avós, que costumavam cozinhar em casa e passar essa paixão pela cozinha para nós netos ou filhos e filhas”.

O embarque para o Velho Mundo está previsto para setembro, época da colação de grau do recém-formado. Até lá, Laio pretende trabalhar num restaurante do gélido município de Campos do Jordão, interior paulista, que está em alta temporada.

Gazeta Regional

Fundada por Laerton Santos no início dos anos 2000, a GAZETA tem como principal missão integrar as dez cidades que compõem a região do Alto Tietê, tendo como diferencial o olhar crítico que define a linha editorial do veículo. Em busca de contato cada vez mais próximo com seu público, o jornal tem investido na cobertura diária, utilizando as mídias digitais para esse fim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*