Prefeitura de Bertioga gasta mais de R$ 1 milhão com aluguel de carros

Pra sempre? Contrato vem sendo renovado pela prefeitura desde 2013
Por Aristides Barros / Foto: Divulgação

Um contrato de locação de veículos entre a Prefeitura de Bertioga e a Garloc Transportes, Logística e Locações Ltda., que está para vencer no dia 26 de agosto deste ano, já custou aos cofres públicos da cidade a bagatela de R$ 1,3 milhão somente no último ano.

O valor milionário foi obtido com base na resposta da administração municipal, que indagada pelo jornal sobre a locação de veículos respondeu. “O contrato tem vigência até 26/08/2019, com valor mensal de R$ 110.086,96.

Contempla a locação de 30 veículos, dos 52 locados inicialmente. Os serviços incluem custos com licenciamento, seguros veiculares, manutenção preventiva e corretiva, identificação adesivada dos mesmos e substituição em caso de necessidade. Não estão incluídas despesas com combustível ou motoristas. As multas eventualmente aplicadas são suportadas pelos condutores após identificação.”

A aplicação de duas multas chamou a atenção porque em uma delas o motorista que dirigia o veículo alugado não foi identificado. O registro foi com um Gol, placa FPV-1359-Mauá-SP, multado em São Bernardo do Campo por excesso de velocidade, com o mesmo automóvel recebendo multa em Mogi das Cruzes. Ambas as multas foram no valor de R$ 134,09. As infrações foram cometidas no ano passado e não se tem um balanço de quantas foram lançadas desde o início do contrato.

ALÉM FRONTEIRA – O dono da Garloc, Sidnei Garcia, foi acusado pelo Ministério Público de São Paulo de contribuir para esquema de lavagem de dinheiro do PCC. No ano passado, durante a Operação Prato Feito – da Polícia Federal –, um contrato da Prefeitura de Mauá com a Garloc foi anexado à investigação que resultou na cassação do prefeito Átila Jacomussi (PSB), acusado de vários crimes contra a administração pública mauaense.

O que causa estranheza em Bertioga é a longevidade do contrato, que já dura mais de seis anos. Foi assinado em 2013, ainda à época que a prefeitura era comandada por Mauro Orlandini (DEM), e transcendeu ao atual governo – hoje o prefeito da cidade é o tucano Caio Matheus.

Gazeta Regional

Fundada por Laerton Santos no início dos anos 2000, a GAZETA tem como principal missão integrar as dez cidades que compõem a região do Alto Tietê, tendo como diferencial o olhar crítico que define a linha editorial do veículo. Em busca de contato cada vez mais próximo com seu público, o jornal tem investido na cobertura diária, utilizando as mídias digitais para esse fim.