Prefeitura de Suzano inaugura Casarão da Memória

O prédio contém um acervo histórico que descreve toda a história do município, desde antes da sua fundação

Por Will Siqueira / Fotos: Bruno Arib

A Prefeitura de Suzano inaugurou na tarde dessa terça-feira (14), no centro da cidade, o Casarão da Memória, cujo objetivo é relatar por meio de fotos, utensílios, projetor de imagens e vídeos a história susanense, desde os seus primórdios.

O imóvel – que fica na Rua Campos Salles, 543 –, é alugado e foi totalmente restaurado e reformulado para receber todo o acervo histórico do município. Possui mais de dez cômodos, onde a vida da cidade, em seus mais de 300 anos, está separada por partes. Detalhe: há, inclusive, um elevador para quem necessitar de melhor acessibilidade.

A inauguração teve um miniespetáculo de teatro com atores formados pela Oficina de Teatro de Suzano. Eles descreveram de maneira lúdica e resumida o surgimento do município e o aparecimento dos seus primeiros moradores.

Aliás, a Casa da Memória também é uma homenagem a Antônio Marques Figueira, um português que foi um dos projetistas e fundadores da região central da cidade.

Antes da apresentação teatral, o prefeito Rodrigo Ashiuchi (PL), o vice-prefeito e secretário da Cultura de Suzano, Walmir Pinto, e a diretora de Patrimônio Histórico de Suzano e coordenadora do Casarão da Memória, Rita Paiva, discursaram para a imprensa, a qual foi convidada para a inauguração.

Gazeta Regional

Fundada por Laerton Santos no início dos anos 2000, a GAZETA tem como principal missão integrar as dez cidades que compõem a região do Alto Tietê, tendo como diferencial o olhar crítico que define a linha editorial do veículo. Em busca de contato cada vez mais próximo com seu público, o jornal tem investido na cobertura diária, utilizando as mídias digitais para esse fim.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*