Prefeitura decreta situação de emergência em Itaquaquecetuba

O decreto veio em decorrência das chuvas do início do mês

Da Redação / Foto: Divulgação

O prefeito de Itaquaquecetuba Mamoru Nakashima (PSDB) assinou nesta quinta-feira (20), o decreto de Situação de Emergência no município devido a problemas ocasionados pelas chuvas do dia 10 de fevereiro.

O temporal que atingiu a cidade durou 48 horas e foram registrados pelos pluviômetros, 124 mm de chuva, causando pontos de inundações nos bairros: Recanto Mônica, Terra Prometida, Vila Japão, Vila Maria Augusta, Vila Fiorelo e Vila Sônia, e ainda, atingindo as principais vias de tráfego como: Vital Brasil, Santa Rita de Cassia, Vereador Almiro Dias, Estrada do Bonsucesso, Estrada do Mandi e Estrada Valter da Silva Costa.

De acordo com o decreto todos os órgãos municipais devem atuar sob a coordenação da Defesa Civil local, nas ações de resposta ao desastre e reabilitação do cenário e reconstrução.

Também fica autorizada a convocação de voluntários para reforçar as ações e campanhas de arrecadação de recursos junto à comunidade, com o objetivo de facilitar a assistência à população afetada pelo desastre.

Segundo o prefeito, o decreto irá facilitar também em relação à vinda de recursos do Governo do Estado.

“Adotamos essa medida para que possamos realizar compras, serviços e obras emergenciais de forma legal e pedir apoio financeiro ao Governo do Estado”, disse Mamoru.

Com a decretação da Situação de Emergência, ficam dispensados de licitação os contratos de aquisição de bens necessários às atividades de resposta ao desastre, de prestação de serviços e de obras necessárias.

Gazeta Regional

Fundada por Laerton Santos no início dos anos 2000, a GAZETA tem como principal missão integrar as dez cidades que compõem a região do Alto Tietê, tendo como diferencial o olhar crítico que define a linha editorial do veículo. Em busca de contato cada vez mais próximo com seu público, o jornal tem investido na cobertura diária, utilizando as mídias digitais para esse fim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*