Prefeitura e SESI de Mogi levam ensino de robótica para rede municipal

Instituições participantes fazem parte do programa Escola de Tempo Integral da Secretaria de Educação

Da Redação / Foto: Pedro Chavedar/PMMC

Estudantes da rede municipal de ensino da Vila Moraes e Vila Natal irão participar de aulas de robótica educacional no SESI, referência no uso da robótica na educação. Essa é uma parceria inédita entre a Prefeitura de Mogi das Cruzes, por meio da Secretaria de Educação, e o Serviço Social da Indústria (SESI).

As atividades na unidade Braz Cubas do SESI são destinadas a estudantes do 2º ao 5º ano do ensino fundamental das escolas municipais Profª Marlene Muniz Schimidt, na Vila Moraes, e Prof. Rodolpho Mehlmann, na Vila Natal. As unidades escolares fazem parte do programa Escola de Tempo Integral da Secretaria de Educação e as atividades com robótica serão feitas no contraturno das aulas regulares nos períodos da manhã e tarde.

O primeiro passo do projeto foi no início deste mês com uma formação na Escola de Empreendedorismo e Inovação (EEI). As equipes gestoras conheceram os princípios de um fablab no ambiente educacional e o escopo de projetos. Os profissionais também participaram de uma vivência com o equipamento Microbit, que será utilizado com os alunos das escolas municipais.

“O meu sonho é aprender programação e criar alguma coisa”, contou Guilherme Henrique Freitas de Aguiar, 9 anos, aluno do 4º ano. 

O SESI, parceiro da entidade americana FIRST e operador oficial de torneios de robótica, fomenta a prática na própria rede de escolas e em outras instituições de ensino, públicas e privadas. A metodologia utilizada na robótica educacional foi idealizada para permitir aos alunos construir o próprio pensamento e conhecimento, por meio de ferramentas computacionais e também estimular o trabalho em equipe, a pesquisa e a inovação.

Gazeta Regional

Fundada por Laerton Santos no início dos anos 2000, a GAZETA tem como principal missão integrar as dez cidades que compõem a região do Alto Tietê, tendo como diferencial o olhar crítico que define a linha editorial do veículo. Em busca de contato cada vez mais próximo com seu público, o jornal tem investido na cobertura diária, utilizando as mídias digitais para esse fim.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*