Prefeitura retoma obras na escola Nair Ribeiro de Almeida, em Juquehy

Herança: Prédio faz parte das obras ‘superfaturadas pela gestão passada’, afirma atual administração

Da Redação / Foto: Divulgação

A Prefeitura de São Sebastião retomou as obras de reforma na Escola Nair Ribeiro de Almeida, em Juquehy, na Costa Sul. As ações começaram com o reparo do telhado durante o recesso escolar e limpeza da unidade.

No dia 29 de julho foram iniciadas as obras das 10 novas salas pré-moldadas, com divisórias em drywall. O valor de investimento é de R$ 600 mil. As salas ficarão próximas ao ginásio poliesportivo, em frente à escola. Também será implantado um espaço arborizado com parque para os estudantes.

De acordo com a Secretaria Municipal de Educação o local está recebendo nova pintura e vai contar ainda com manutenção geral, o que inclui troca de lâmpadas, plafons e telhas; limpeza de calha e aplicação de manta; troca de fechaduras; início da canalização do olho d’água atrás da escola. Os pisos, fechaduras e lousas dos containers também estão recebendo manutenção.

GINÁSIO – Quanto à reforma do Ginásio a prefeitura informa que está finalizando todos os processos administrativos e que irá iniciar as obras o mais breve possível. No local serão trocados piso, alambrado e cobertura. Os banheiros e a arquibancada também receberão manutenção completa. A obra vai custar cerca de R$ 300 mil.

PROBLEMA JUDICIAL – Essa foi uma das obras herdadas com problemas judiciais da administração passada, informa a gestão do prefeito Felipe Augusto (PSDB). “O perito nomeado pela Justiça verificou que o governo anterior gastou mais de R$ 740 mil no local. Contudo, o valor aferido foi de R$ 105 mil”, acrescenta a administração municipal.

“Ou seja, só nesta obra houve um superfaturamento de mais de R$ 635 mil. Esse é um problema que está sendo resolvido na Justiça. Só agora a prefeitura conseguiu a liberação judicial para retomar os trabalhos, atendendo antiga reivindicação de toda comunidade escolar, professores, país e alunos”, conclui a gestão de Felipe Augusto.

Gazeta Regional

Fundada por Laerton Santos no início dos anos 2000, a GAZETA tem como principal missão integrar as dez cidades que compõem a região do Alto Tietê, tendo como diferencial o olhar crítico que define a linha editorial do veículo. Em busca de contato cada vez mais próximo com seu público, o jornal tem investido na cobertura diária, utilizando as mídias digitais para esse fim.