“Pretendo ser prefeito para honrar tudo o que Biritiba me proporcionou”

Em entrevista, Valdivino (de paletó, pré-candidato posou para a foto com a familia) fala de projetos para Biritiba Mirim. Foto: Lailson Nascimento

 

Por Lailson Nascimento

De Biritiba

 

Na tarde do dia 5 de maio, o vereador de Biritiba Mirim Valdivino Ferreira dos Santos, o Valdivino da Lucileia, recebeu a equipe do Gazeta Regional em sua casa, localizada no Jardim dos Eucaliptos. Escolhida a dedo por ele, a data celebra os 52 anos de emancipação político-administrativa do município. Apontado pelo PRTB como pré-candidato a prefeito de Biritiba, ele declarou seu amor à cidade e destacou alguns pontos que deve defender numa eventual disputa ao Executivo. Confira os principais pontos da entrevista a seguir.

 

Gazeta Regional (GR): Quais são os motivos que o levaram a se lançar pré-candidato a prefeito?

Valdivino da Lucileia: Eu já tenho Biritiba como minha cidade do coração, sinto-me filho da cidade. Tudo o que conquistei foi aqui. Como vereador, dei minha contribuição, mas posso fazer muito mais como eventual prefeito. Já temos o apoio do PMN, que está junto com a gente, e o pré-candidato a vice-prefeito também já está para ser definido. Estamos preparando um grande evento político na cidade, além de estar acertando o diretório do partido no município. Enfim, está tudo caminhando bem; e eu pretendo chegar ao cargo para honrar tudo o que Biritiba me proporcionou.

 

GR: E quais devem ser suas principais propostas caso a candidatura se concretize?

Valdivino: Os principais desafios do município são a Saúde e o Emprego. Sem saúde, você não trabalha nem estuda. Por isso, a área deve ser prioridade. Defendo, por exemplo, o fim da terceirização das unidades de saúde do município. A administração da saúde deve ser feita pelo município. Vejo muito futuro no Turismo. Já tenho o apoio de alguns deputados, que podem nos ajudar a fomentar a exploração do turismo em Biritiba numa forma de gerar renda. Segurança é papel do Estado, mas eu quero ampliar o efetivo. Enfim, estou criando meu plano de governo, que eu não posso detalhar agora, mas garanto que é um projeto bom. O fato é que eu sei que a cidade tem 98% de sua área protegida pela Lei de Mananciais, mas eu tenho como gerar empregos e devo detalhar isso melhor no decorrer da campanha.

 

GR: O sr. acredita que a força do Jardim dos Eucaliptos será um diferencial para a sua futura candidatura?

Valdivino: Acredito que sim, porque fiz um trabalho nesses três mandatos que, se comparado ao dos meus adversários, é muito maior. Vamos alavancar a pré-candidatura aqui no bairro, que foi onde eu cresci. Estou confiante de que, confirmada a candidatura, terei expressiva votação no Jardim dos Eucaliptos e Cruz das Almas. Falo isso porque eu trouxe rede de água e esgoto para o Cruz das Almas e Jardim dos Eucaliptos; trouxe escola, além da creche que está sendo construída por meio do meu pedido. Asfalto também é um pedido desse vereador; e hoje o nosso bairro se encontra 80% asfaltado. A presença do ônibus, que passou a circular nos dois bairros e que beneficia não só os trabalhadores, mas também os idosos.

 

GR: Como vereador, quais são os trabalhos que o sr. destaca?

Valdivino: Criei uma lei muito importante que beneficia os desempregados, facilitando a participação deles em concursos públicos municipais, através da isenção da taxa de inscrição e criei a cota de 20% para negros nos concursos públicos. Há, também, um projeto que não foi executado pela prefeitura, que é a bolsa faculdade para os nossos munícipes. O projeto consiste num programa em que dez estudantes do município que mais se destacam recebem o custeio integral da sua graduação e, após concluído o curso, devolvem a bolsa através do seu trabalho prestado à própria municipalidade.

 

GR: Como o sr. ingressou na política?

Valdivino: Foi o ex-prefeito Benedito Freitas que me ingressou na política, em 1992. À época, perdi a eleição, apesar da expressiva votação que obtive. Já em 1996, ganhei a eleição, ficando em 5º lugar. Em 2000, voltei a perder. Em 2004, saí como candidato a vice-prefeito na chapa do PT. Em 2008, me candidatei a vereador e ganhei a eleição, ficando em 6º lugar e, agora em 2012, fiquei em 4º lugar.

 

GR: O sr. é um cidadão biritibano?

Valdivino: Eu sou natural de São Mateus, no Espírito Santo, mas vim para Biritiba Mirim em 1988. Meus pais moravam aqui e, quando cheguei, decidi ficar de vez. Constituí família aqui, fui líder comunitário, inclusive sendo presidente da associação de moradores por oito anos, período em que construímos a sede da associação. Eu amo essa cidade e quero lutar por ela.

Gazeta Regional

Fundada por Laerton Santos no início dos anos 2000, a GAZETA tem como principal missão integrar as dez cidades que compõem a região do Alto Tietê, tendo como diferencial o olhar crítico que define a linha editorial do veículo. Em busca de contato cada vez mais próximo com seu público, o jornal tem investido na cobertura diária, utilizando as mídias digitais para esse fim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*