Professor Marcelo vai doar 80% de seu salário caso seja eleito vereador em Itaquaquecetuba

Candidato pela 1ª vez, ele é o único concorrente do município que firmou esse compromisso

Por Will Siqueira / Foto: Divulgação

Em Itaquaquecetuba, o candidato a vereador pelo PT Marcelo Marcos Silva, o Professor Marcelo, teve uma atitude interessante e inusitada: na quinta-feira (22), deixou registrado em um tabelião de notas do município que irá doar 80% de seu salário líquido, caso seja eleito.

Suas doações beneficiarão instituições de caridade. Porém, os 80% de seu salário serão doados apenas para entidades cujas sedes estejam localizadas em Itaquaquecetuba. E terão que ser escolhidas pela população por meio da internet. As doações ocorrerão mensalmente.

“E a ideia que tenho é essa. Se quisermos mudar, temos que dar o exemplo. Não poderia aceitar ganhar mais de R$ 12 mil por mês como vereador em uma cidade onde as pessoas vivem, em sua maioria, na pobreza. Pois Itaquaquecetuba é uma das cidades mais pobres da Região Metropolitana de São Paulo, e já que entrei para a política, quero, de fato, fazer diferente pela vida das pessoas de Itaquaquecetuba”, explicou o Professor Marcelo.

Aos 41 anos, é a primeira vez que o educador está se candidatando ao cargo de vereador. Profissional da área da educação desde 2002, o Professor Marcelo trabalhou durante dez anos na Secretaria de Educação da cidade de São Paulo.

Por vivenciar as questões diárias da vida de um professor há 18 anos, o candidato a vereador tem como base para suas propostas de campanha melhorias para a educação municipal.

“Não serei apenas um vereador para mudar nomes de ruas ou praças ou só conceder títulos de cidadãos ou moções de aplausos. O mundo evoluiu, a escola pública também precisa evoluir”, afirmou.

Proposta de Campanha

“Vou lutar incansavelmente para que o Poder Executivo melhore o plano de carreira do magistério público municipal”, garantiu o Professor Marcelo, que também propõe formações aos professores e “valorização desse profissional essencial na alfabetização dos alunos.”

Ele também irá propor a abertura de concursos públicos na área da educação e pretende fiscalizar “para melhoria e enriquecimento da merenda escolar servida ao aluno com uma refeição saudável, pois, muitas vezes, essa é a principal alimentação da criança.”

“Propor a estipulação de metas dentro do plano de carreira do magistério com reajustes proporcionais ao professor para que o aluno conclua o 5º ano do Ensino Fundamental totalmente alfabetizado, seguindo escalas de metas anuais”, concluiu.

Gazeta Regional

Fundada por Laerton Santos no início dos anos 2000, a GAZETA tem como principal missão integrar as dez cidades que compõem a região do Alto Tietê, tendo como diferencial o olhar crítico que define a linha editorial do veículo. Em busca de contato cada vez mais próximo com seu público, o jornal tem investido na cobertura diária, utilizando as mídias digitais para esse fim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*