Programa de regularização de energia da EDP beneficiou mais de 17 mil famílias

Itaquaquecetuba e Mogi das Cruzes estão entre os municípios que foram beneficiadas com redes e tecnologia que trazem maior segurança, eficiência e qualidade ao fornecimento de energia para a população

Da Redação / Foto: Divulgação

A energia elétrica é um insumo essencial que leva desenvolvimento regional e qualidade de vida à população, e a EDP, distribuidora de energia elétrica de Guarulhos, Alto Tietê, Vale do Paraíba e Litoral Norte de São Paulo, atua continuamente com o programa de regularização do sistema elétrico nas cidades de sua atuação. Entre janeiro e outubro deste ano, a Companhia beneficiou diretamente mais de 17 mil famílias de baixo poder aquisitivo nos municípios dentro de sua área de concessão com redes e tecnologia que trazem maior segurança, eficiência e qualidade ao fornecimento de energia.

As obras incluíram, dependendo da característica do local, a instalação de poste padrão para as residências ainda não conectadas ao sistema da EDP, rede de distribuição em média tensão, posteamento, entre outras medidas técnicas e de segurança para a execução completa dos serviços, totalmente custeado pela Distribuidora. No Alto Tietê, no período de janeiro a outubro, os municípios beneficiados com o projeto foram Mogi das Cruzes (2.067 famílias do bairro Jardim Aeroporto II) e Itaquaquecetuba (2.099 famílias do bairro Piratininga).

Para reforçar a importância da utilização segura e eficiente da energia elétrica, após a conclusão dos serviços de rede em cada localidade, os moradores recebem orientações personalizadas dos Agentes da Boa Energia. Os técnicos orientam as famílias com dicas, além do benefício da Tarifa Social, que garante desconto na conta de luz, além de realizarem a substituição de lâmpadas de maior consumo por LED, que são mais econômicas e sustentáveis.

Giuliano Vieira, gestor executivo da EDP, ressalta que o fornecimento de energia regular é um passo importante para o desenvolvimento e progresso regional e que a atuação da Distribuidora depende da parceria com as prefeituras, já que as concessionárias de energia só podem atuar em localidades regularizadas pelo poder público municipal. “Nosso objetivo é levar nossa energia com qualidade e segurança para toda a população e, para isso, atuamos de forma contínua na regularização da rede elétrica nos municípios da área de concessão”.

Riscos e prejuízos da ligação clandestina

De acordo com a Abradee (Associação Brasileira dos Distribuidores de Energia), ligação clandestina está entre as maiores causas de morte no país relacionada à energia elétrica. Entre 2009 e 2018 foram registrados 303 óbitos. Na maioria das vezes, as irregularidades são feitas de forma precária e expõe o responsável, vizinhança e até crianças a sérios riscos, como choques elétricos, curto circuitos e incêndios.

Além de perigosas, os famosos “gatos”, pioram também a qualidade do serviço prestado aos clientes regulares da região já que sobrecarregam as redes elétricas, deixando o sistema de distribuição mais suscetível a interrupções e oscilações no fornecimento de energia.

Estes consumidores regulares também são prejudicados financeiramente, uma vez que a quantidade de energia perdida por furto e os custos para identificar e coibir as irregularidades são levados em consideração pela Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) para estabelecer o valor da energia para cada área de concessão. O Estado também deixa de arrecadar o ICMS (Imposto sobre Comercio e Serviço), cobrado por meio da conta de luz, e, consequentemente, repassa menos verba para políticas públicas sociais voltadas à educação, saúde e segurança.

Canais de comunicação

A EDP pede que a população contribua, informando e denunciando sobre as ligações clandestinas. A Distribuidora disponibiliza os seguintes canais de atendimento aos consumidores:

– Site EDP Online: www.edponline.com.br

Aplicativo EDP Online (compatível com as plataformas Android™, iOS e Windows Phone)

– Agências de atendimento (o endereço de cada ponto pode ser encontrado no site EDP Online)

– Central de Atendimento ao Cliente: 0800 721 0123 (ligação gratuita, 24 horas/sete dias por semana).
 
É importante salientar que o sigilo da denúncia é total, e a inspeção realizada com a máxima urgência.

Gazeta Regional

Fundada por Laerton Santos no início dos anos 2000, a GAZETA tem como principal missão integrar as dez cidades que compõem a região do Alto Tietê, tendo como diferencial o olhar crítico que define a linha editorial do veículo. Em busca de contato cada vez mais próximo com seu público, o jornal tem investido na cobertura diária, utilizando as mídias digitais para esse fim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*