Quatro cidades do Alto Tietê evoluíram no Ideb

O índice mede o desempenho da educação no Brasil

Por Giovanna Figueiredo / Foto: Divulgação

Na terça-feira (15) o Ministério divulgou os dados do Ideb 2019 (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica). Das 10 cidades do Alto Tietê seis superaram as metas nos anos iniciais, 1º ao 5º ano, e quatro ficaram a abaixo da meta estabelecida.

Arujá, Guararema, Mogi das Cruzes, Poá, Santa Isabel e Suzano são as cidades que tiveram médias maiores que a meta, na rede municipal, na educação básica inicial. Biritiba Mirim, Ferraz de Vasconcelos, Itaquaquecetuba e Salesópolis ficaram abaixo do estabelecido. O município que ficou mais abaixo da meta foi Itaquá com dois décimos a menos.

A melhor média foi a de Guararema, que obteve 7,2 de média nos anos iniciais, em seguida está Arujá com 7. As menores notas ficaram com Itaquá (5,6) e Biritiba Mirim (5,9).

Na comparação com os resultados da rede municipal no Ideb 2017 dos anos iniciais, quatro cidades da região tiveram evolução no desempenho: Arujá (2,97%), Guararema (9,09%), Mogi das Cruzes (1,47%) e Santa Isabel (1,51%). Já Ferraz de Vasconcelos e Suzano mantiveram os resultados, enquanto Biritiba Mirim (-3,57%), Itaquaquecetuba (-1,75%), Poá (-1,49%) e Salesópolis (1,53%) regrediram.

Responsabilidade compartilhada

Na região, algumas cidades compartilham a responsabilidade dos anos iniciais do Ensino Fundamental com a rede estadual e quando analisado o desempenho geral da rede pública (municipal + estadual) nos anos iniciais, o resultado do Ideb 2019 apresenta diferenças.

Neste ranking, as cidades de Arujá, Guararema, Mogi das Cruzes, Poá, Santa Branca e Santa Isabel superaram a meta, enquanto Ferraz de Vasconcelos atingiu exatamente a projeção. Já as cidades de Biritiba Mirim, Itaquaquecetuba, Salesópolis e Suzano ficaram abaixo do desempenho previsto.

Ensino Fundamental – anos finais (6º  ao 9º ano)

Ferraz de Vasconcelos, Mogi das Cruzes e Poá possuem rede municipal de ensino para os anos finais (6º ao 9º ano), mas nesse caso, nenhuma delas atingiu a meta do Ideb 2019.

Em Ferraz, a meta era 5 e o resultado final da rede municipal foi 4,9. Em Mogi das Cruzes, a nota obtida foi 6 para uma projeção de 6,4. Poá tinha 6,3 de meta, mas registrou 6.

Ensino médio

Em todas as cidades da região o Ensino Médio é administrado pelo Estado. Houve melhora nos 10 municípios em comparação com 2017 e todos superaram a meta do Ideb.

O Ideb

O Índice de Desenvolvimento da Educação Básica foi criado em 2007 para monitorar o desempenho da educação no Brasil. Ele reúne, em um só indicador, os resultados de duas dimensões de qualidade da educação: o fluxo escolar e as médias de desempenho nas avaliações. O índice é calculado a partir dos dados sobre aprovação, obtidos no Censo Escolar, e dos resultados do Saeb.

Gazeta Regional

Fundada por Laerton Santos no início dos anos 2000, a GAZETA tem como principal missão integrar as dez cidades que compõem a região do Alto Tietê, tendo como diferencial o olhar crítico que define a linha editorial do veículo. Em busca de contato cada vez mais próximo com seu público, o jornal tem investido na cobertura diária, utilizando as mídias digitais para esse fim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*