Quem planeja executa com eficiência

Por Bruno Scaffidi / Arte: Giovanna Figueiredo

Planejar é um ato fenomenal. Uma ação que implica diretamente no resultado final de um determinado projeto, seja na iniciativa privada ou na vida pública.

O objetivo de tal feito são os resultados. Na atividade pública, a entrega de serviços eficientes, além do bem-estar das pessoas é a engrenagem que move o dia a dia de um gestor. Só tem sentido a prática da gestão pública quando a vida das pessoas muda para melhor.

Cada cidade e cada bairro tem sua característica. Em Itaquaquecetuba, é preciso atuar de forma austera na organização e estabilização das contas públicas, além de planejar a infraestrutura corretamente, de modo que a cidade atraia novos investimentos, novas indústrias. Em suma, mais emprego, mais poder de compra para as famílias e, automaticamente, mais qualidade de vida.

O bairro Scaffidi, hoje, é um exemplo de planejamento que visa o desenvolvimento urbano e econômico de uma determinada região. 100% regularizado, as famílias contam com áreas públicas destinadas para a construção de equipamentos de saúde como UBS’s e um Hospital, além de escolas, creches, áreas de lazer, bem como pontos estratégicos para implantação de um sistema de monitoramento e outras estruturas de segurança pública. Pavimentado e estrategicamente localizado, o Scaffidi conta até com um projeto para a construção de um mini shopping.

É dever do gestor público garantir que esses serviços essenciais para a população cheguem, de fato, na realidade de cada um munícipe. Defendo que a população, sobretudo os mais pobres, tenham seus direitos públicos/sociais assegurados pelo Poder Público, entretanto, é necessário dar condições para as pessoas prosperarem. O brasileiro, o itaquaquecetubense, só precisa de uma oportunidade. A geração de emprego em Itaquá é um dos ingredientes dessa receita.

Bruno Scaffidi é formado em Administração e empresário da Construção Civil

Gazeta Regional

Fundada por Laerton Santos no início dos anos 2000, a GAZETA tem como principal missão integrar as dez cidades que compõem a região do Alto Tietê, tendo como diferencial o olhar crítico que define a linha editorial do veículo. Em busca de contato cada vez mais próximo com seu público, o jornal tem investido na cobertura diária, utilizando as mídias digitais para esse fim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*