Rodoviária é para ônibus, mas, em Bertioga, o povo espera a rodoviária

Abandonado, local foi uma das promessas de campanha do atual prefeito

Por Will Siqueira / Fotos: Bruno Arib

Uma das promessas de campanha de Caio Matheus (PSDB), de acordo com os moradores do Vista Linda, era a conclusão da rodoviária que está localizada em uma das entradas do bairro. Entretanto, passados os quatro anos de seu mandato, é muito improvável que o prefeito cumpra o que prometeu.

A reportagem esteve na rodoviária, que, sim, foi construída, porém não foi concluída. Lixos, fezes, urinas, ponto de usuários de drogas, o local, atualmente, é utilizado para fazer qualquer outra atividade, menos como um lugar de embarque ou desembarque de passageiros ou chegada ou saída de ônibus.

Obra iniciada em 2011, a um custo de R$ 1 milhão, a rodoviária nunca foi inaugurada e, com o passar dos anos, foi se deteriorando pelas ações do tempo – justamente por ter sido “deixada de lado”.

A rodoviária abandonada fica na Rua Roberto de Almeida Vinhas, paralela à Rodovia Manoel Hypólito do Rego (Rodovia Rio-Santos).

“Foi construída, e, infelizmente, está no estado que está. Foi depredada e não sabemos como vai ficar essa situação”, comentou um morador do Vista Linda.

De acordo com as pessoas que moram próximas à rodoviária, Caio Matheus disse que ia inaugurá-la no seu primeiro ano como prefeito de Bertioga. Mas a história mudou.

“Até hoje ele (o prefeito) não fez nada. Depois, veio com outro projeto, de que ia transformar aquilo num centro de lazer, num shopping, um monte de promessas e, até agora, não fizeram nada”, desabafou outro morador.

Gazeta Regional

Fundada por Laerton Santos no início dos anos 2000, a GAZETA tem como principal missão integrar as dez cidades que compõem a região do Alto Tietê, tendo como diferencial o olhar crítico que define a linha editorial do veículo. Em busca de contato cada vez mais próximo com seu público, o jornal tem investido na cobertura diária, utilizando as mídias digitais para esse fim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*