Semae e prefeitura investem em Jundiapeba: 90% de esgoto tratado

2º maior distrito da cidade em progresso: polo de segurança de GCM e UPA recém-inaugurada

Por Will Siqueira / Fotos: Bruno Arib

Os moradores da segunda maior região de Mogi das Cruzes – segundo os dados da prefeitura, possui 55,9 mil habitantes – finalmente estão tendo alguns motivos para comemorar: construção de sistema de esgotamento sanitário, instalação de um polo de segurança da GCM e inauguração de uma UPA 24 horas dão um alento para o distrito de Jundiapeba, considerado periferia da cidade.

Aos 81 anos de existência (foi fundado em 30 de novembro de 1938), Jundiapeba, de 50 quilômetros quadrados, está tendo um investimento de R$ 39 milhões para que sejam construídas em 26 ruas e avenidas 15 quilômetros de redes de esgoto. O Semae (Serviço Municipal de Águas e Esgotos) e a prefeitura se uniram para executar a obra e, com isso, pretendem tratar mais de 90% do esgoto de Jundiapeba e Nova Jundiapeba.

É importante ressaltar que o Semae é uma empresa municipal, ou seja, Mogi das Cruzes tem seu próprio serviço de água e esgoto (além dela, na Região Metropolitana, apenas São Caetano do Sul tem essa vantagem).

De acordo com o Semae, afora os 15 quilômetros de rede coletora de esgoto, o distrito de Jundiapeba terá “1.760 metros de coletor-tronco, 1.240 metros de linha de recalque (bombeamento) e uma estação elevatória de esgoto com vazão de 47 litros por segundo”.

Para o aposentado Benedito Rodrigues Bueno, que já vive há muitos anos em Jundiapeba, com a nova rede de esgotos, a tendência do bairro é melhorar.

“Agora está um serviço bom. Vai melhorar bastante”, enfatizou.

Outro morador aposentado, Delcino Teles, faz uma observação.

“Já estou com 11 anos aqui. Quando enchia a caixa ali, aqui entupia direto e a água subia tudo”, disse referente à sua casa.

“Bom, porque vai melhorar bastante. Quando vim morar aqui, minha casa enchia (de água), entrava para dentro de casa”, disse a dona de casa Maria de Fátima.

Outras melhorias

Dentre os investimentos feitos pela gestão Marcus Melo (PSDB), destacam-se o Polo Municipal de Segurança, com a permanência da GCM no distrito, e a inauguração, no sábado (27), da UPA.

As duas obras fazem parte de uma série de investimentos que a Prefeitura de Mogi das Cruzes tem feito em Jundiapeba (somam-se duas creches com capacidade para 195 alunos e um Centro Municipal de Programas Educacionais), cujo valor ultrapassa os R$ 20 milhões.

A UPA ainda não está em pleno funcionamento, pois faltam alguns detalhes, mas aqueles que necessitarão dela já estão contentes com a novidade. É o caso de Eduardo da Silva: “Faltou muita coisa antigamente. Agora, está muito gostoso, a gente está sendo recuperado. Jundiapeba está melhorando muito.”

“Aqui melhorou 100%. Fica melhor para nós, aqui fica pertinho (da casa). Minha mãe tem 81 anos, para ela ficava longe (ir a um posto de saúde)”, elogiou Jorge Calixto.

“Nossa proposta é ampliar e qualificar a oferta de atendimentos de urgência e emergência no município, especialmente em Jundiapeba, região com grande demanda populacional e em pleno crescimento”, explicou o prefeito, no dia da inauguração.

Gazeta Regional

Fundada por Laerton Santos no início dos anos 2000, a GAZETA tem como principal missão integrar as dez cidades que compõem a região do Alto Tietê, tendo como diferencial o olhar crítico que define a linha editorial do veículo. Em busca de contato cada vez mais próximo com seu público, o jornal tem investido na cobertura diária, utilizando as mídias digitais para esse fim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*