Servidores de Itaquá podem entrar em greve na quarta-feira (30)

Situação será decidida em assembleia convocada pelo Sinseri; situação se deve ao corte de pagamento do NU (Nível Universitário)

Por Lailson Nascimento / Imagem: Divulgação

O Sinseri (Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Itaquaquecetuba) convocou, na tarde de hoje (28), nova assembleia dos funcionários públicos para quarta-feira (30), a partir das 17 horas. A expectativa é de que a categoria entre em greve, conforme antecipam fontes ligadas ao funcionalismo.

A reunião para deliberação do tema se deve a uma informação repassada ao sindicato, de forma extraoficial, sobre a suposta decisão do governo Mamoru Nakashima (sem partido) pelo corte de pagamento da gratificação por NU (Nível Universitário). A GAZETA tenta confirmar com a administração municipal se a retirada do benefício passará a valer a partir de outubro.

CONFIRA O QUE O SINDICATO VAI DELIBERAR NA ASSEMBLEIA

1) Discutir e votar sobre os encaminhamentos e procedimentos a serem adotados para combater o corte da gratificação de Nível Universitário determinado pela municipalidade já no próximo pagamento;

2) Deliberar nos termos do artigo 13 da Lei n.° 7.783/89, no sentido de conceder ao município um prazo máximo de 72 (setenta e duas) horas para apresentação da solução ao corte da gratificação de Nível Universitário, sob pena de deflagração de greve por prazo indeterminado;

3) Se por ventura houver a necessidade de deflagração da greve, deliberar no sentido de aprovar as formas de comunicação da população quanto a deflagração do movimento, dia, hora e local.

VEJA MAIS:

Gazeta Regional

Fundada por Laerton Santos no início dos anos 2000, a GAZETA tem como principal missão integrar as dez cidades que compõem a região do Alto Tietê, tendo como diferencial o olhar crítico que define a linha editorial do veículo. Em busca de contato cada vez mais próximo com seu público, o jornal tem investido na cobertura diária, utilizando as mídias digitais para esse fim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*