Sinseri comemora ação que beneficia professores de Itaquá

Mais de 100 professores que confiaram ação judicial junto ao sindicato vão ser beneficiados

Da Redação / Foto: Divulgação

O Sinseri (Sindicato dos Servidores Públicos de Itaquaquecetuba) comemorou, na tarde de sexta-feira (22), mais uma vitória em benefício dos funcionários públicos. De acordo com o que foi apurado, mais de 100 professores que atuaram em 2018 como substitutos e que ingressaram na Justiça por meio de ação movida pelo sindicato têm direito a receber cinco meses (de janeiro a maio de 2018) referente ao pagamento da substituição.

A notícia, que já era esperada desde janeiro de 2019 – quando o sindicato ingressou com ação -, foi confirmada no início da tarde de ontem, quando o Sinseri anunciou que 1ª Vara Cível da Comarca de Itaquaquecetuba havia julgado procedente a ‘Ação de Obrigação de Fazer’ da entidade. O juiz Alexandre Muñoz considerou as argumentações feitas por Rafael Ceroni, advogado do Sinseri. Mas, a prefeitura ainda pode recorrer.

Ceroni explicou a decisão. “Resumindo a decisão judicial, a prefeitura deverá pagar aos servidores que procuraram o Sinseri, confiaram no Sinseri e levaram toda a documentação ao sindicato a diferença dos valores da substituição de janeiro até maio de 2018, com juros e correções devidas. Essa foi uma vitória em 1ª grau, que com certeza abrirá caminhos para uma sentença definitiva.”

A presidente do Sinseri, Clícia Damaceno, arrematou. “O interessante é que muitos Professores falaram mal do Sinseri. Afirmaram que éramos omissos e advogados da cidade, que estavam entrando com ação e o Sindicato não fazia nada. Esse desabafo não é uma vingança, não é jogar na cara, mas um alerta para a categoria saber dos nossos compromissos. A ação judicial demora, existem trâmites legais que devem ser respeitados. Muito feliz com a conquista e ciente de nossa responsabilidade à frente de uma entidade sindical.”

Gazeta Regional

Fundada por Laerton Santos no início dos anos 2000, a GAZETA tem como principal missão integrar as dez cidades que compõem a região do Alto Tietê, tendo como diferencial o olhar crítico que define a linha editorial do veículo. Em busca de contato cada vez mais próximo com seu público, o jornal tem investido na cobertura diária, utilizando as mídias digitais para esse fim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*