Sinseri continua pressão para a Prefeitura de Itaquá garantir NU aos servidores

Funcionários públicos já convocaram carreata para terça-feira (9); abaixo-assinado circula na internet

Por Lailson Nascimento / Foto: Divulgação

A assembleia realizada na sexta-feira (3), no Sinseri (Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Itaquaquecetuba), deu andamento ao movimento que visa encontrar alternativa para a retirada do pagamento de gratificações por NU (Nível Universitário).

De acordo com a direção do sindicato, os próximos passos da luta em defesa da manutenção do NU já foram deliberados. Dentre as ações, destaque para uma carreata programada para a próxima terça-feira (9), a partir das 9h. A concentração será na sede do sindicato (Rua Capela do Alto, 525, Vila Virgínia). De lá os participantes vão partir para a prefeitura e Câmara Municipal.

Outra iniciativa do Sinseri foi o lançamento de um abaixo-assinado virtual que será levado à administração municipal. O documento, conforme explica a assessoria de comunicação da entidade, é uma forma de demonstrar a insatisfação frente aos desmandos do empregador público.

O encontro foi liderado pela presidente da entidade, Clícia Mara Silva Damaceno, e teve suporte da equipe de assessoria jurídica e de comunicação da entidade.

“Não podemos aceitar esses desmandos do Governo de Itaquá. Esperamos a categoria, com pelo menos um representante de cada setor, já que a perda da gratificação afetará muitos trabalhadores. O Sindicato tem lutado e não descansará até a prefeitura e a Câmara Municipal resolverem essa questão. Venha para a carreata com seu carro, moto, bicicleta, ou como for. Só não deixe de vir”, convocou.

Para ela, a Prefeitura de Itaquaquecetuba já poderia ter resolvido o caso, mas a gestão Mamoru Nakashima (sem partido) preferiu alimentar embate político com a Mesa Diretora da Câmara Municipal.

Entenda o caso

O TJ-SP (Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo) publicou, no dia 27 de maio, acórdão sobre ADIN (Ação Direta de Inconstitucionalidade), de autoria da Câmara Municipal de Itaquaquecetuba, que solicita a retirada de gratificações dos cargos comissionados da prefeitura. As gratificações são concedidas aos funcionários que detém NU (Nível Universitário). Na ação, a Justiça também entendeu que a retirada das gratificações vai atingir todos os servidores, incluindo os concursados.

Gazeta Regional

Fundada por Laerton Santos no início dos anos 2000, a GAZETA tem como principal missão integrar as dez cidades que compõem a região do Alto Tietê, tendo como diferencial o olhar crítico que define a linha editorial do veículo. Em busca de contato cada vez mais próximo com seu público, o jornal tem investido na cobertura diária, utilizando as mídias digitais para esse fim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*