Teste do pezinho oferecido pelo SUS será ampliado e poderá detectar mais de 50 doenças

A implantação será de forma escalonada em cinco etapas

Da Redação / Foto: Divulgação

O Teste do Pezino oferecido pelo SUS (Sistema Único de Saúde) deverá rastrear até 53 tipos de doenças nos recém-nascidos. Esta iniciativa, que está fundamentada numa Lei sancionada pelo governo federal, teste, que contemplava apenas seis doenças passará a englobar 14 grupos de doenças. A medida passará a valer a partir de maio do próximo ano.

A implementação será realizada de forma escalonada em cinco etapas, ainda sem prazo estabelecido pelo Ministério da Saúde. Na primeira está prevista a inclusão de doenças relacionadas ao excesso de fenilalanina; patologias da hemoglobina; e toxoplasmose congênita. Na segunda, serão detectados o nível elevado de galactose no sangue; aminoacidopatias; distúrbio do ciclo de ureia; e distúrbios de betaoxidação de ácidos graxos.

Já na terceira etapa, serão incluídas doenças que afetam o funcionamento celular, e, na quarta, os problemas genéticos no sistema imunológico. Já na quinta etapa será testada também a atrofia muscular espinhal.

Gazeta Regional

Fundada por Laerton Santos no início dos anos 2000, a GAZETA tem como principal missão integrar as dez cidades que compõem a região do Alto Tietê, tendo como diferencial o olhar crítico que define a linha editorial do veículo. Em busca de contato cada vez mais próximo com seu público, o jornal tem investido na cobertura diária, utilizando as mídias digitais para esse fim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*