Ti se inspira em Armando da Farmácia para retomar crescimento de Itaquá

Em Plano de Governo, candidato apoiado pelo ex-prefeito apresenta propostas para Itaquaquecetuba, que tem mais de 400 bairros. Foto: Lailson Nascimento

 

Por Lailson Nascimento

De Itaquá

 

“Nos últimos dias, eu não tenho dormido, apenas descansado. A campanha começa nas primeiras horas do dia, geralmente às 4 da manhã, e termina só na madrugada do dia seguinte”. A rotina intensa é do bacharel em Direito Cristiano Soares Tavares (PR), o Ti Filho do Armando da Farmácia. Candidato a prefeito de Itaquaquecetuba, ele foi escolhido de maneira unânime pelo Diretório Municipal da legenda partidária para substituir a candidatura do ex-prefeito Armando Tavares Filho, o Armando da Farmácia.

Apesar do curto período de campanha, Ti tem consciência de que assumiu um grande desafio: demonstrar à população as mesmas características de um prefeito que encerrou dois mandatos consecutivos com alta taxa de aprovação e que, por esse motivo, figurava como um dos favoritos no pleito deste ano. O desafio, no entanto, não o assusta. “Substituir o meu pai é tarefa fácil, até porque o acompanho na política desde 1988, quando ele se elegeu vereador de Itaquá pela primeira vez. Se hoje sou candidato, é porque aprendi com ele a governar”.

Ao tomar o exemplo de Armando como gestão eficiente, o republicano acrescenta: “Ao meu lado, terei um pai cujo trabalho mudou a realidade do município e uma mãe (Heroilma Soares) que, até hoje, foi a única deputada mulher em todo o Alto Tietê. Não vou manchar esse histórico”, definiu.

Confira as principais propostas:

 

SEGURANÇA

Dar autonomia e poder de Polícia à Guarda Civil Municipal (GCM), em conformidade com a Lei nº 13.022/2014, que até hoje não foi implantada em nossa cidade; construir mais bases da GCM na cidade e integrar as mesmas com a frequência da Polícia Militar (PM); concluir o processo de armamento da guarda, que foi abandonado pela atual administração; implantar a Atividade Delegada no município; substituição das lâmpadas incandescentes por lâmpadas de LED nas ruas da cidade, aumentando-se a sensação de segurança; reativar o Conseg para planejar e acompanhar a solução de problemas comunitários de segurança; aproveitar a influência do pai, Armando da Farmácia, com o governo do Estado, para implantar mais 2 companhias da PM na cidade, reforçando o contingente.

 

SAÚDE

Terminar os postos de saúde e UPAS deixadas em construção por Armando da Farmácia e que não foram concluídos até hoje; informatizar o sistema de saúde,para que consultas e exames sejam marcadas por aplicativo de celular, computador ou do telefone; com a informatização, acabar com a máfia das consultas, onde até gabinete de vereadores se tornam centrais de agendamento; construir hospital municipal com recursos próprios; criar mais postos de saúde 12 horas; descentralizando o atendimento; reformular o SAMU 192, reequipando ambulâncias que estão sucateadas.

 

EDUCAÇÃO

Rever todo o sistema de ensino do município, bem como o material didático utilizado; reciclagem contínua dos profissionais da educação; negociação constante com os profissionais, a fim de aprimorar a Lei que rege o estatuto do magistério e seu plano de carreira; construir mais escolas modelo e creches municipais, dando continuidade ao trabalho iniciado por Armando da Farmácia; implantar o cardápio nutricional semanal, para que os pais possam acompanhar a alimentação diária de seus filhos nas escolas do município, tornando-se assim um fiscalizador da qualidade da merenda.

 

ESPORTES E LAZER

Construir piscinas no Ginásio de Esportes, que foi construído por Armando da Farmácia; criar três Centros de Convivência com quadras, pista de skate, pista para caminhada e espaço para apresentações culturais nas seguintes regiões: Marengo, Monte Belo e Caiuby.

 

CULTURA

Criar um verdadeiro Centro Cultural na cidade, com salas amplas e equipadas para os cursos de teatro, dança, artes plásticas, música, entre outros; construir um teatro moderno e equipado para receber espetáculos da cidade e de companhias de fora da cidade; reativar a banda marcial; criar novamente a comissão de festas da cidade; recriar o calendário cultural; resgatar a festa do peão de boiadeiro.

 

 

 

Gazeta Regional

Fundada por Laerton Santos no início dos anos 2000, a GAZETA tem como principal missão integrar as dez cidades que compõem a região do Alto Tietê, tendo como diferencial o olhar crítico que define a linha editorial do veículo. Em busca de contato cada vez mais próximo com seu público, o jornal tem investido na cobertura diária, utilizando as mídias digitais para esse fim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*