Um político quase é morto e um jornalista é ameaçado; eles ficaram na mira da morte

Candidato a vereador de Itaquá foi alvo de atiradores e jornalista acusa marido da prefeita de Santa Isabel

Por Aristides Barros e Lailson Nascimento / Fotos: Divulgação

Depois de sofrer tentativa de homicídio, na noite de quarta-feira (7), o candidato a vereador de Itaquaquecetuba Edson Moura (PL) se recupera do atentado.

No BO, ao qual a GAZETA teve acesso, consta que dois homens a bordo de uma motocicleta pararam em frente à residência do político, no bairro Parque Piratininga, no exato momento em que Edson Moura e sua esposa chegavam ao local.

Ao perceber que o garupa sacou uma arma de fogo, o candidato a vereador saiu em disparada em direção à base da PM (Polícia Militar), localizada no mesmo bairro. Ainda que tenha conseguido chegar ao local, quatro dos seis tiros disparados contra o carro durante o trajeto entre a sua casa e a base atingiram o automóvel.

No documento, Edson Moura afirmou que não tem suspeita de quem poderia ter cometido o crime, mas não descartou que o atentado possa estar ligado à sua campanha política.

“O que sei é que isso não vai me abalar politicamente. Claro que vamos tomar mais cuidado com relação à segurança, mas essa tentativa de homicídio me dá ainda mais vontade de vencer as eleições, porque a política não é disputada na bala, mas nas urnas”, disse Edson Moura à reportagem.

Ameaça

O jornalista Tiago Pierre Lima dos Santos, que foi da equipe de governo da prefeita de Santa Isabel, Fabia Porto (PRTB), denunciou à polícia as supostas ameaças contra ele que teriam sido feitas por Alex Sandro Souza Arraes, casado com a chefe do Executivo isabelense.

Uma das ameaças relatadas por Tiago Pierre aconteceu na noite de sexta-feira (2) e gerou tumulto e um vídeo que foi postado nas redes sociais. O princípio de briga aconteceu dentro de um restaurante da cidade. As imagens “caíram na rede” e na boca do povo, porque, além do jornalista, aparecem a prefeita e o seu marido.

A princípio, parece que o jornalista tem uma forte discussão com Fabia. Porém, ele explicou que o desentendimento não foi com ela, e que não tem nada contra a prefeita isabelense. O enfrentamento foi com o marido dela, que ao cumprimenta-lo com um aperto de mão teria direto no seu ouvido: “O que é seu está guardado”. Depois disso, ele teria levantado a camisa mostrando o revólver que trazia na cintura. O jornalista registrou Boletim de Ocorrência na Delegacia de Santa Isabel.

Gazeta Regional

Fundada por Laerton Santos no início dos anos 2000, a GAZETA tem como principal missão integrar as dez cidades que compõem a região do Alto Tietê, tendo como diferencial o olhar crítico que define a linha editorial do veículo. Em busca de contato cada vez mais próximo com seu público, o jornal tem investido na cobertura diária, utilizando as mídias digitais para esse fim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*