Unidade do Banco do Povo Paulista, em Itaquá, será inaugurada nesta quinta

A unidade de Itaquaquecetuba dispõe de saldo no valor de R$ 2,4 milhões para emprestar aos empresários da cidade

Da Redação / Foto: Millena Matos | PMI

Nesta quinta-feira (25), será inaugurada a unidade municipal de atendimento do Banco do Povo Paulista em Itaquaquecetuba. O órgão estadual, desenvolvido em parceria com as prefeituras, é voltado para a concessão de microcrédito popular produtivo com o objetivo de promover o desenvolvimento socioeconômico e criar oportunidades mercadológicas aos empreendedores.

Em outras palavras, o programa visa atender de maneira ágil as pessoas que, por algum motivo, encontram dificuldades ou não têm acesso às instituições financeiras tradicionais. Com taxa de juros de 0,35% ao mês é possível creditar valores tanto para capital de giro quanto para investimento fixo (maquinário, equipamentos ou matéria-prima).

Atualmente, a unidade de Itaquaquecetuba dispõe de saldo no valor de R$ 2.481.387,00 sem restrições. Para obter o benefício, o interessado deve residir ou possuir negócio no município, ter endereço fixo, ser maior de idade ou emancipado legalmente, entre outras exigências.

Os financiamentos são concedidos apenas para empreendedores (formais ou informais), não sendo possível efetivar empréstimos pessoais. “O BPP representa uma ferramenta imprescindível para o crescimento do micro e pequeno empreendedor da cidade, principalmente neste período de retomada das atividades econômicas”, disse o secretário de Desenvolvimento Econômico, Luciano Dávila. 

“O programa é um incentivo a mais para empreendimentos na cidade e, consequentemente, para o desenvolvimento econômico como um todo”, acrescentou o prefeito Eduardo Boigues (PP).

A unidade municipal será inaugurada na quinta, às 10h, nas dependências da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico (rua Dom Thomaz Frey, 89 – centro – 3º subsolo).

Gazeta Regional

Fundada por Laerton Santos no início dos anos 2000, a GAZETA tem como principal missão integrar as dez cidades que compõem a região do Alto Tietê, tendo como diferencial o olhar crítico que define a linha editorial do veículo. Em busca de contato cada vez mais próximo com seu público, o jornal tem investido na cobertura diária, utilizando as mídias digitais para esse fim.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*