Vereador eleito diz que a classe política de Ferraz precisa da confiança do povo

Políticos presos deixam aos eleitos o “teste da redibilidade”; novatos têm desafio

Por Aristides Barros / Foto: Divulgação

O publicitário e vereador eleito Álvaro Costa Vieira (PODE), o Kaká, afirma que o grande desafio atual da classe política ferrazense, que juntamente a ele, venceu as eleições de 15 de novembro, é recuperar o crédito popular perdido a cada vez que um representante do Legislativo e Executivo de Ferraz de Vasconcelos foi parar na cadeia.

“Isso ajudou a entoar a frase muitas vezes repetida que todo político é ladrão”, afirmou Kaká, que preside o Podemos ferrazense.

Com vários planos visando positivar o panorama, hoje, crítico da cidade, e reverter a imagem desgastada dos políticos do município, Kaká afirma que vai “andar” bairro a bairro com o seu Gabinete Itinerante mantendo encontros e conversas diárias com as comunidades visando soluções aos problemas enfrentados pelos ferrazenses.

“O povo sente o distanciamento político dele e das coisas que os afetam. Percebi durante a campanha, quando andamos por toda Ferraz. Sempre fica aquela ideia deixada pelos políticos profissionais de que os bairros só importam em época de eleição, para a caça de votos, e depois que o pleito passa as localidades são penduradas das eleições. Vou coletar as reivindicações populares e encaminhá-las à prefeitura na expectativa de que elas serão atendidas”, disse.

Parceiros

A relação de proximidade do vereador eleito com a prefeita eleita Priscila Gambale (PSD) deve render dividendos para a cidade, haja vista que Kaká foi assessor do deputado estadual Rodrigo Gambale (PSL), que é irmão de Priscila.

“Acredito muito que ela fará um bom mandato. Temos afinidade nas ideias e em projetos para melhorar Ferraz e, por consequência, a qualidade de vida da nossa população”, afirmou o vereador eleito. “Vai ser um mandato muito positivo para a cidade, que também contará com a força política do deputado Rodrigo Gambale junto ao governo estadual”, finalizou.

Gazeta Regional

Fundada por Laerton Santos no início dos anos 2000, a GAZETA tem como principal missão integrar as dez cidades que compõem a região do Alto Tietê, tendo como diferencial o olhar crítico que define a linha editorial do veículo. Em busca de contato cada vez mais próximo com seu público, o jornal tem investido na cobertura diária, utilizando as mídias digitais para esse fim.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*