Vila Rubens: pequena no tamanho, porém muito valorizada em Mogi

O bairro é um dos menores da cidade, mas sua área, dividida entre o comércio, residências e indústria dá gosto aos moradores da localidade

Por Will Siqueira / Foto: Bruno Arib

Você, leitor, ficou acostumado a ver nessa seção depoimentos de moradores de muitos bairros – não só de Mogi, mas também das outras nove cidades que compõem o Alto Tietê – onde há problemas sociais (violência, alagamentos, ruas esburacadas, praças mal cuidadas, amontoados de lixo, tráfico de drogas etc). E o jornal continuará dando voz à população, principalmente a da periferia. Porém, a partir de agora, a seção Gazeta no Seu Bairro, inclusive a pedido de muitos leitores, também irá mostrar outros temas envolvendo os lugares.

Assuntos como a história do bairro, a quantidade de habitantes, se é mais residencial ou industrial, as vantagens de se morar nele e outras questões também relevantes serão abordadas pela GAZETA. Essa reportagem, por exemplo, é sobre a Vila Rubens, um dos lugares mais tranquilos para se morar em Mogi das Cruzes, segundo os próprios moradores.

A Vila Rubens é um bairro pequeno, localizado próximo ao Centro, o qual possui apenas 74 prédios (casas, comércios etc), distribuídos em cinco terrenos. O valor do IPTU lançado para 2020 naquela área é de R$ 283.870,17, de acordo com a prefeitura.

Segundo a administração municipal, diversas ações foram executadas no bairro nos últimos meses. Implantação de semáforo no encontro da Avenida Fernando Costa e Rua João Fernandes de Lima; implantação de mão única de direção nas Ruas João Fernandes de Lima, Benedito de Paula Leite e Joaquim João Frederico Muhleise; e instalação de câmera de monitoramento no encontro da Avenida Fernando Costa com a Rua Ipiranga.

“As vantagens de morar aqui são muitas, é próximo ao Centro, a questão da segurança, acessibilidade (referente ao transporte público), por ser uma área tanto empresarial como residencial, é uma área muito valorizada”, analisou o morador da Vila Rubens Elber Lima de Oliveira, dono da Vit Padaria, que completa um ano na segunda-feira (15).

Gazeta Regional

Fundada por Laerton Santos no início dos anos 2000, a GAZETA tem como principal missão integrar as dez cidades que compõem a região do Alto Tietê, tendo como diferencial o olhar crítico que define a linha editorial do veículo. Em busca de contato cada vez mais próximo com seu público, o jornal tem investido na cobertura diária, utilizando as mídias digitais para esse fim.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*