Viva você

Por Érica Godoi / Arte: Giovanna Figueiredo

Você já ouviu falar em sarcopenia?

Esta é uma palavra que descreve uma síndrome que ocorre durante o envelhecimento, nada mais é do que a perda da função e da força da massa muscular, ou seja, com o passar dos anos vamos perdendo nossa musculatura, tão importante para nos mantermos ativos e funcionais.

O sedentarismo, o tabagismo e uma dieta inadequada colaboram para que esta perda muscular ocorra com mais rapidez.

O impacto desta perda muscular atinge diretamente a nossa autonomia para fazer simples atividades. Pense em todas as suas atividades de vida diária como tomar um banho, carregar uma mochila ou até mesmo pentear os cabelos, a pessoa estando frágil tem mais dificuldade para realizar todas elas.

Com o Covid-19 presenciamos um número muito alto de pessoas acometidas pela doença, principalmente os idosos com alguma doença prévia como hipertensão e diabetes. O preocupante é que nesta faixa etária ficar internado por um longo período, acamado e sem mobilidade, faz com que este processo de perda muscular que é natural se torne progressivo e patológico.

A recuperação destes pacientes necessita de acompanhamento multiprofissional após a alta hospitalar, além de cuidados domiciliares prestados por familiares ou cuidadores para a recuperação de sua funcionalidade.
Por isso, queridos leitores, independente de sua idade, pergunte-se: o que eu estou fazendo para evitar esta perda muscular?

Mesmo em pleno confinamento devido à pandemia, exercite-se em casa, da maneira como puder, respeitando seus limites, faça um alongamento e permita-se movimentar, cuide de seu corpo.

O cuidar é um ato que prestamos não apenas para os nossos filhos, familiares e amigos, o cuidar envolve o cuidado consigo mesmo, por isso, viva você! Esteja pleno em tudo que realize e cuide-se, pois hoje sabemos o quanto a vida é valiosa.

Gazeta Regional

Fundada por Laerton Santos no início dos anos 2000, a GAZETA tem como principal missão integrar as dez cidades que compõem a região do Alto Tietê, tendo como diferencial o olhar crítico que define a linha editorial do veículo. Em busca de contato cada vez mais próximo com seu público, o jornal tem investido na cobertura diária, utilizando as mídias digitais para esse fim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*