Zé Biruta ameaça contratar nova empresa para transporte escolar

Decisão se deve à notícia que coletivo da Nem Transportes circulava com documentação vencida

Por Gabriel Dias / Arte: Reprodução

Depois de a GAZETA noticiar que alguns ônibus escolares da empresa Nem Transportes circulam com crianças pela cidade de Ferraz de Vasconcelos com documentação atrasada, e acima do tempo de vida útil, o prefeito José Carlos Fernandes Chacon (PRB), o Zé Biruta, decidiu se pronunciar. Em nota, Biruta garantiu que “caso a empresa não atenda às exigências, será providenciada uma nova licitação.”

As informações sobre documentação vencida foram constatadas pelo TCE-SP (Tribunal de Contas do Estado de São Paulo). Outro fato que chama atenção é que a Lei Municipal 2333/99 proíbe que ônibus acima de 10 anos de sua fabricação prestem serviço para a municipalidade, no entanto, mesmo assim, a empresa Nem Transportes possui contrato com o governo de Zé Biruta.

O fato foi confirmado quando o TCE enviou a placa dos coletivos escolares que foram confrontadas com os sistemas de trânsito brasileiro, constatando-se que o coletivo (placa DJE-5931), da marca Marcopolo Viale, tem mais de 10 anos de uso.

Outros casos também foram denunciados pelo jornal, por exemplo o transporte escolar estadual fornecido pela empresa JP Grandino, que também viola a lei municipal 2333/99 e roda com ônibus com mais de 10 anos de uso. Um destes casos foi constatado no início deste ano na Escola Estadual Paulo Américo Paganucci.

O QUE DIZ A PREFEITURA – No que se refere ao transporte escolar municipal, a Secretaria de Educação de Ferraz de Vasconcelos diz que “todos os ônibus que pertencem à Prefeitura estão dentro das normas”, e mais uma vez admite que houve problema com um ônibus da empresa Nem Transportes, “a qual foi notificada para que providencie com urgência a solução do problema”, encerra a nota. A reportagem ligou para empresa Nem Transportes, no entanto, foi informada que o responsável não estava na empresa.

Já sobre o transporte escolar Estadual, a Secretaria de Educação de Ferraz diz que “a municipalidade não é responsável pela fiscalização de transporte escolar estadual”. Já a Diretoria Estadual de Ensino, quando questionada sobre estes fatos, disse em nota que todos os veículos são autorizados para circulação e que as fiscalizações são feitas em conjunto com as escolas.

Gazeta Regional

Fundada por Laerton Santos no início dos anos 2000, a GAZETA tem como principal missão integrar as dez cidades que compõem a região do Alto Tietê, tendo como diferencial o olhar crítico que define a linha editorial do veículo. Em busca de contato cada vez mais próximo com seu público, o jornal tem investido na cobertura diária, utilizando as mídias digitais para esse fim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*